<
>

Naomi Osaka desbanca irmãs Williams, Simone Biles e é a atleta mais bem paga do mundo em lista da Forbes; veja valores

Tenista japonesa Naomi Osaka faturou em torno de R$ 317 milhões em 2021, valor recorde para uma atleta


A tenista Naomi Osaka é a atleta mais bem paga do mundo. Em levantamento feito pela revista americana Forbes, a japonesa foi a que mais faturou em 2021, superando as irmãs Williams, que vêm logo atrás em 2º e 3º.

Segundo a revista, Osaka embolsou em torno de 57,3 milhões de dólares (R$ 317 milhões nas cifras atuais), na temporada 2021/22, entre salários e patrocínios, valor que representa um recorde anual para uma atleta feminina.

Logo atrás, aparecem Serena Williams, que faturou 45,9 milhões de dólares (R$ 254 milhões) e sua irmã, Venus Williams, com 14 milhões de dólares (R$ 77 milhões).

Já a maior ginasta da história dos Estados Unidos, Simone Biles, que surpreendeu o mundo ao desistir de várias finais da ginástica nas Olimpíadas de Tóquio por causa de sua saúde mental, aparece na quarta colocação da lista, com um faturamento de 11 milhões de dólares (R$ 60 milhões).

As 10 atletas femininas mais bem pagas do mundo ganharam juntas 167 milhões de dólares (R$ 924 milhões) em 2021, segundo estimativas da Forbes. O valor representa um aumento de 23% em relação a 2020 e um salto de 16% em relação ao recorde anterior, de 143,3 milhões de dólares, estabelecido em 2013.

Confira a lista completa das 10 atletas femininas mais bem pagas do mundo em 2021:

1º - Naomi Osaka (tênis) - R$ 317 milhões

2º - Serena Williams (tênis) - R$ 254 milhões

3º - Venus Williams (tênis) - R$ 77 milhões

4º - Simone Biles (ginástica) - R$ 60 milhões

5º - Garbiñe Muguruza (tênis) - R$ 48 milhões

6º - Ji Young Ko (golfe) - R$ 42 milhões

7º - P.V Sindhu (badminton) - R$ 39 milhões

8º - Ashleigh Barty (tênis) - R$ 38 milhões

9º - Nelly Korda (golfe) - R$ 32 milhões

10º - Candace Parker (basquete) - R$ 31 milhões