<
>

Promessa dos Estados Unidos, Coco Gauff desiste de disputar Olimpíadas após testar positivo para COVID-19

play
Ketleyn Quadros, do judô, e Bruno Rezende, do vôlei, serão os porta-bandeiras do Brasil em Tóquio: Relembre todos desde 1920 (4:11)

Cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 acontece nesta sexta (23) (4:11)

O Tênis não terá uma de suas estrelas na disputa das Olimpíadas de Tóquio. Promessa dos Estados Unidos, a tenista Coco Gauff, de 17 anos, anunciou por meio de suas redes sociais que não estará na disputa.

A atleta explicou que testou positivo para COVID-19 e não poderá estar presente nos Jogos Olímpicos que começarão na próxima sexta-feira (23).

"Estou muito decepcionada por ter que compartilhar essa notícia de que testei positivo para COVID e não poderei jogar nas Olímpiadas de Tóquio”, escreveu a jovem tenista.

“Sempre foi um sonho meu representar os EUA nas Olimpíadas e espero ter mais chances no futuro para torná-lo realidade. Desejo a melhor sorte ao Time EUA e Jogos seguros para todos os atletas olímpicos e a família olímpica", finalizou.

Gauff se torna a quarta tenista a não poder disputar a modalidade na Olimpíada por ter testado positivo para COVID. Ela se junta aos britânicos Daniel Evans e Johanna Konta e ao australiano Alex de Minaur.

A tenista chamou a atenção dos fãs de Tênis ao ser a mais jovem a alcançar a chave principal de Wimbledon, em 2018. Na época, a atleta tinha 15 anos e três meses de idade e eliminou Venus Williams, antes de cair para Simona Halep, que acabou se sagrando campeã.