<
>

Miele vira duelo de 3 horas e Saraiva emplaca nova vitória na São Paulo Tennis Cup

Enquanto Daniel Dutra da Silva e Enrique Bogo avançam sem grandes desafios, dois oponentes surgem com maiores possibilidades de fazer frente aos dois principais cabeças de chave da São Paulo Tennis Cup. André Miele e Paulo André Saraiva, avançaram nesta quinta-feira e serão rivais amanhã, às 11 horas (de Brasília), pela fase de quartas de final do evento que oferece R$ 20 mil em prêmios.

Logo no início deste ano, antes da chegada da pandemia, Miele havia planejado retomar a carreira e a rotina de competições, mas a inesperada paralisação dos eventos adiou o desejo do ribeirão-pretano de 33 anos. Há poucas semanas, ele voltou a competir e nesta quinta-feira mostrou estar em forma ao virar uma partida de três horas contra o araçatubense Luís Britto, 27, que reside em São Carlos.

“Ele foi bastante agressivo no primeiro set, o que me dificultou bastante no início. O diferencial para buscar essa virada foi que consegui encontrar o ritmo da devolução e isso o incomodou. Com essa vantagem no jogo, soube administrar as quebras de saque e manter a confiança e a intensidade até o final da partida”, analisou Miele após a vitória por 2 sets a 1 (3/6, 7/6 (1) e 6/2).

'>
Paulo André Saraiva

Assim como nas últimas competições do Instituto Sports, o desafio de Paulo Saraiva nesta temporada tem sido quebrar a barreira das quartas de final. O brasiliense de 20 anos ainda não alcançou uma semifinal no ano, somente três quartas em Recife, Curitiba e Brasília. Nesta quinta-feira, ele passou pelo canhoto paulista Gabriel Tumasonis por 2 a 0, com parciais de 6/2 e 6/4.

“Desde Curitiba, em outubro, venho oscilando meu jogo entre bons começos e quedas de rendimento. Quando o torneio vai se aproximando das fases finais, você não pode se dar ao luxo de baixar o ritmo. Espero que dessa vez eu possa jogar de forma mais sólida e tirar das últimas derrotas o aprendizado necessário para buscar aqui a minha melhor campanha”, afirma Saraiva.