<
>

Roland Garros será disputado com público

play
Após torneio na Sérvia, Djokovic, Thiem, Zverev e outros tenistas aproveitam festa e se divertem (2:18)

Torneio Adria Tour, que aconteceu para treino de alguns dos principais tenistas do mundo, acabou neste último fim de semana (2:18)

A Federação Francesa de Tênis (FFT) anunciou nesta quinta-feira que o torneio de Roland Garros, que foi adiado para setembro por causa da pandemia da Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus, será realizado com público nas arquibancadas.

"O número de espectadores admitidos no estádio será de 50% a 60% da capacidade habitual", divulgou a entidade, por meio de comunicado.

De acordo com a FFT, o objetivo da limitação é garantir que sejam respeitadas as medidas de segurança para evitar a propagação do novo coronavírus entre os presentes nas arquibancadas.

Durante o torneio, programado para acontecer entre 21 de setembro de 11 de outubro, serão tomadas outras precauções, que serão adaptadas de acordo com a evolução da pandemia, em coordenação com as autoridades do setor de Saúde da França.

Os jogadores e equipes técnicas serão submetidos a um protocolo específico, que ainda será divulgado pela organização do Grand Slam, que é disputado no saibro.

A FTT anunciou que colocará os ingressos à venda a partir da próxima quinta-feira, para os filiados à entidade. Uma semana depois, a comercialização será iniciada para o público em geral.

Caso a evolução na França for favorável, será avaliada a possibilidade de vencer mais ingressos a partir do início de setembro.

Se houver a possibilidade de restringir mais a quantidade de público nas arquibancadas, a FTT anunciou que se reserva ao direito de anular os ingressos e devolver o dinheiro para os compradores.