<
>

Fundação de Roger Federer doa US$ 1 milhão para nutrição de crianças na África

Fundação ajuda o continente africano desde 2006 (Foto: Divulgação/Fundação Roger Federer)

Pensando em amenizar os impactos do coronavírus na África, o tenista Roger Federer anunciou que sua fundação irá doar US$ 1 milhão (cerca de R$ 5,65 milhões) à crianças e suas famílias no continente para a aquisição de alimentos durante a pandemia. A organização acredita que irá beneficiar 64 mil pessoas com a iniciativa.

“Covid-19 é uma crise global de saúde e economia. Como resposta humanitária, a Fundação Roger Federer concedeu um milhão de dólares para fornecer refeições nutritivas para 64.000 crianças vulneráveis e suas famílias por meio de nossos parceiros na África enquanto as escolas estão fechadas”, escreveu a entidade ao anunciar a doação nas redes sociais.

Ajudando a África desde 2006, a instituição busca amenizar os problemas de diversas de crianças do continente em situação de risco e vulnerabilidade, investindo majoritariamente na educação e alimentação junto do apoio de outras entidades. No total, 1,5 milhão de crianças e adolescentes foram beneficiadas desde sua criação.

Segundo o site oficial da fundação, ela atua em seis países africanos: África do Sul, Zâmbia, Botswana, Namíbia Malawi e Zimbábue. Além disso, auxiliam refugiados e pessoas de baixa renda na Suíça.