<
>

Rafael Nadal perde um set, mas atropela Thiem e conquista Roland Garros pela 12ª vez

play
Rafael Nadal faz reflexão após conquistar Roland Garros pela 12ª vez e se diz 'satisfeito' (1:25)

O espanhol precisou de pouco mais de 3 horas para vencer o austríaco Dominic Thiem por 3 sets a 1 (6-3, 5-7, 6-1 e 6-1) e levar o título no saibro francês. (1:25)

Para a surpresa de ninguém, Rafael Nadal conquistou mais um título de Roland Garros.

Na decisão do segundo Grand Slam do ano, o espanhol precisou de pouco mais de 3 horas para vencer o austríaco Dominic Thiem por 3 sets a 1 (6-3, 5-7, 6-1 e 6-1) e levar o título no saibro francês pela 12ª vez.

Nadal agora é o primeiro tenista da história, entre homens e mulheres, a conquistar 12 vezes um Major, acabando com o empate que tinha com Margaret Court, 11 vezes campeão do Australian Open. Além disso, ele se junta a Ken Rosewall, Rod Laver e Roger Federer como únicos que conseguiram conquistar quatro Grand Slams após os 30 anos.

Decidindo o torneio francês pelo segundo ano seguido contra Nadal, Thiem queria a vingança e foi ele quem teve a primeira quebra do jogo. Porém, o espanhol devolveu a quebra de imediato e depois conseguiu levar o saque do austríaco mais uma vez para fechar o primeiro set.

A segunda parcial foi marcada pelo equilíbrio extremo. Thiem conseguiu confirmar seu saque em todas as oportunidades e conseguiu a quebra no momento crucial, quando Nadal tentava levar a decisão para o tie-break.

Foi o primeiro set vencido pelo austríaco em 11 disputados contra Nadal no saibro de Roland Garros. E isso parece ter mexido com o maior campeão da história do Grand Slam francês.

No terceiro set Nadal venceu todos os 12 pontos que disputou com seu serviço e só perdeu um game e ficou em situação mais do que complicada. Afinal, Nadal só teve que disputar um quinto set em partidas disputadas no saibro em quatro oportunidades, vencendo todas elas (duas em Roland Garros e outras duas no Masters de Roma).

A quarta parcial começou com o espanhol confirmando seu saque e quebrando logo o primeiro serviço de Thiem. O austríaco tentou a resposta e teve duas chances de quebra logo em seguida, mas Nadal contou com o potente saque para impedir qualquer tipo de reação.

O número 2 do mundo chegou a ter um triplo break point no quarto game do jogo, mas Thiem conseguiu se recuperar e enfim sair do zero no quarto set. No sexto game, a segunda quebra do espanhol deixou Nadal servindo para o título, e ele não desperdiçou.