<
>

Wimbledon: Djokovic toma 'susto', mas vence Sinner de virada e avança às semifinais

Novak Djokovic venceu Jannik Sinner por 3 sets a 2 e avançou às semifinais do Torneio de Wimbledon


Foi sofrido e com emoção, mas Novak Djokovic segue vivo na briga pelo sétimo título em Wimbledon. De virada, o sérvio bateu a sensação Jannik Sinner por 3 sets a 2 (5/7, 2/6, 6/3, 6/2 e 6/2) na quadra central do All England Lawn Tennis Club e despachou o italiano, ficando com a vaga na semifinal do torneio.

Você acompanha a transmissão de todas as quadras de Wimbledon com transmissão pela ESPN no Star+.

A classificação diante do n°13 da ATP precisou do melhor tênis possível de Djoko na lendária grama britânica.

Tentando fazer valer seu favoritismo e tarimba, o sérvio começou forte o confronto e quebrou o serviço do italiano abrindo 3 a 0. Mais concentrado e forçando Djokovic a errar, Sinner subiu de produção e conseguiu minar o saque do nº3 da ATP. O resultado foi a virada no placar até o 7/5 que fechou o primeiro set.

O crescimento da joia de apenas 20 anos na grama de Wimbledon ficou ainda mais evidente no set seguinte, quando conseguiu impôr duas outras quebras de serviço e derrubou Djokovic em um 6/2 cedendo apenas dois pontos ao rival, abrindo 2 a 0 na partida.

Pressionado pela vantagem importante de Sinner no confronto, Djokovic 'acordou' na partida.

Mais agressivo, o sérvio forçou mais no serviço para confirmar seus saques e tirou o italiano da zona de conforto na quadra, com o jovem precisando correr mais nos pontos. A melhor já teve resultado imediato: 6/3 em um set dominado pelo hexacampeão.

O impacto do crescimento de Djoko na partida ainda refletiu no quarto set do confronto, que manteve a diferença no desempenho dos rivais. Enquanto o sérvio conseguiu confirmar seus saques com facilidade, o italiano sofria em cada bola para fechar os pontos.

Novamente com duas quebras, o nº3 forçou o set de desempate com o 6/2 no placar após um susto: a queda de Sinner, que levantou o temor por uma torção de tornozelo, algo que não se confirmou.

A armadilha de Djokovic seguia armada na quadra central sem que Sinner conseguisse deixar de ser uma presa fácil. Trabalhando cada ponto e fazendo o italiano correr, o sérvio manteve o rival fora da zona de conforto durante o quinto set, e impôs uma quebra logo no começo.

O sérvio ainda contou com o nervosismo do jovem italiano, que passou a errar mais, para dar números finais ao confronto com mais um 6/2.

Com a vaga confirmada, Novak Djokovic aguarda agora a definição do adversário na semifinal de Wimbledon. O rival do sérvio sairá do duelo entre O belga David Goffin e o britânico Cameron Norrie.