<
>

Com ou sem vacina? Após polêmica, Slater confirma presença em etapa do Mundial de Surfe na Austrália

Surfista não confirma se tomou a vacina contra a COVID-19, mas indica que foi imunizado para poder competir


A lenda do surfe e 11 vezes campeão mundial, Kelly Slater afirmou que vai competir na Austrália, palco da quarta e quinta etapas do Mundial de Surfe.

''Te vejo na Austrália'', disse Slater à Reuters, se recusando a responder se tomou ou não a vacina, mas dando a entender que sim, uma vez que o país não permite a entrada de pessoas que não estejam vacinadas contra a COVID-19.

''É uma questão importante, e há uma razão pela qual eu não estou falando sobre isso que é pessoal. Eu acredito que a privacidade médica é uma coisa real. Mas acho que minha resposta de que eu vou vê-lo na Austrália responde a isso'', completou o surfista.

Recentemente, Slater revelou uma postura antivacina e até chegou a defender o tenista Novak Djokovic, no mês passado, após o tenista ser impedido de participar do Australian Open.

Em janeiro deste ano, o ministro de Esportes da Austrália, Richard Colbeck, mandou um recado para o surfista hendecampeão do mundo e alertou que, sem vacina, ele também terá a sua entrada vetada.

Depois de vencer a etapa de Pipeline, no último final de semana, Slater segue no Havaí para dispustar a segunda competição da temporada, nas ondas de Sunset. A janela de espera foi aberta nesta sexta-feira (11), mas a falta de ondas boas já transferiu a próxima chamada para este sábado (12).