<
>

WSL Finals: Gabriel Medina chora, comemora título fora da 'zona de conforto' e dedica conquista à Yasmin Brunet

Na tarde desta terça-feira (14), Gabriel Medina confirmou o favoritismo e conquistou o título do Mundial de surfe, seu terceiro na carreira ( ele já tinha conquistado em 2014 e 2018). Logo após a vitória na praia de Trestles, nos Estados Unidos, o brasileiro se emocionou ao comemorar e dedicou o novo troféu à esposa Yasmin Brunet.

TODA a temporada do surfe mundial você acompanha pela ESPN no Star+.

Medina, que liderou o ranking mundial durante praticamente toda a temporada regular e não deu chances para Filipe Toledo e garantiu o título com vitória por 2 a 0 na melhor de 3 baterias. Ainda no mar, ele recebeu os abraços do rival brasileiro e chorou ao falar do título.

“Eu estou muito feliz. Eu consegui meu objetivo principal no surfe. Estou chorando agora porque é um grande misto de emoções. Foi um ano longo", explicou o surfista.

Perguntado sobre sua relação com a esposa, Yasmin Brunet, que o acompanhou durante toda a temporada, Medina, além de dedicar o título, revelou que ela o ajudou a sair da zona de conforto para que fosse possível a conquista desta temporada.

"Ela é viciante. Eu a amo muito. Ela esteve comigo durante o ano todo, me faz me sentir o melhor cara do mundo. Eu só quero dedicar essa vitória para ela. Ela estava lá. É um sentimento fantástico trabalhar duro e conseguir o troféu na final. Isso significa muito para mim porque esse ano foi diferente dos outros, eu deixei minha zona de conforto e estou orgulhoso de ser um homem de verdade. Eu passei por cada momento, por cada lugar do mundo, eu e minha esposa, foi um grande desafio e eu amei isso", comentou o surfista.

Gabriel ainda aproveitou para exaltar os competidores brasileiros, garantindo que a rivalidade fica apenas dentro da água e que respeita todos os surfistas do tour.

"Os brasileiros estão indo muito bem. Eles me empurram e eu empurro eles. Ele (Filipe Toledo) me parabenizou dentro e fora da água, disse que eu merecia. Isso porque eu sempre respeito esses caras. As pessoas pensam que somos muito rivais, e nós somos dentro da água, mas eu respeito todo mundo, os brasileiros e todo mundo do tour", disse Medina.