<
>

Maior campeão da história, Kelly Slater é eliminado da Olimpíada de Tóquio por amigo e 'aprendiz' John John Florence

Kelly Slater não estará nos Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio. O norte-americano não conseguiu avançar vencer a etapa de Pipeline e, com isso, o compatriota e amigo John John Florence assume a segunda vaga masculina do país.

O 11 vezes campeão mundial, maior da história em número de títulos, perdeu nas semifinais para o brasileiro Ítalo Ferreira e não estará na primeira edição do surfe na Olimpíada.

John John Florence se juntou a Kolohe Andino, Carissa Moore e Caroline Marks no time norte-americano.

Rivais e amigos

Florence cresceu em Pipeline. Sua mãe vive até hoje lá. Na casa ao lado, poucos minutos dali, mora o seu mentor, amigo e rival, Kelly Slater.

O herói de Florence sempre foi Slater. Ainda criança, ele acompanhava todas as vezes que o surfista estava em Pipeline. Foi como um aprendiz do veterano.

"Nós tínhamos um gato na casa da minha mãe que vivia entre as nossas casas. Um dia ele (Slater) me chamou e disse: 'O nome do gato é Kitty'", comentou Florence em entrevista ao The New York Times.

"Ele é como um tio para mim", adicionou.

Agora, Florence representará os Estados Unidos nos Jogos Olímpicos. Slater vai ter que esperar a sua vez, mas aos 47 anos isso parece improvável. O veterano confirmou que vai competir em mais uma temporada, pelo menos.