<
>

Surfe: Gabriel Medina pode ser tricampeão do Mundial já em Portugal; veja os cenários para isso acontecer

Portugal é o destino da 10ª e penúltima etapa da WSL, a Liga Mundial de Surfe.

E mesmo antes do calendário acabar, já podemos ter definido o campeão da temporada de 2019. E ele pode ser brasileiro. Gabriel Medina tem chance de ser tricampeão na perna européia.

A etapa começa nesta madrugada de quarta-feira (16), a partir das 4h, com transmissão dos canais ESPN e WatchESPN.

Além da disputa pelo título, Medina, Filipe Toledo e Ítalo Ferreira também brigam por duas vagas para o Olimpíada de Tóquio, em 2020. Os dois melhores surfistas de cada país, que terminarem no top10, garantem vaga direta. Gabriel também pode ganhar a primeira vaga para o Japão agora em Peniche.

Ítalo vem de um vice na França, e subiu no ranking, agora aparece no 4º lugar (42.400 pontos). Depois da liderança de Medina (48.015), vem Filipinho em segundo (45.730), Jordy Smith (AFS) em terceiro (43.515) e Kolohe Andino (EUA) em quinto (41.250).

No total são oito surfistas que ainda têm chances matemáticas de vencer o título, mas são esses cinco que tem pontuação acima dos 40.000 pontos.

Para o tri de Gabriel se concretizar já em Portugal, ele precisa, no mínimo, estar na final. Se não, automaticamente teremos a definição somente no Havaí, em dezembro, em Pipeline.

Entenda os cenários para Medina ser campeão em Peniche:

Se Medina vencer a etapa:

- Filipe Toledo tem que ficar no máximo em 9º

- Ítalo Ferreira tem que ficar no máximo em 3º

- Jordy Smith (AFS) e Kolohe Andino (EUA) ficam fora da briga

Se Medina for vice da etapa:

- Filipe Toledo tem que ficar no máximo em 17º

- Ítalo Ferreira tem que ficar no máximo em 9º

- Kolohe Andino (EUA) e Jordy Smith (AFS) tem que ficar no máximo em 5º

Vale ressaltar que além dos adversários citados, Kanoa Igarashi (JAP) e Owen Wright (AUS) ainda têm chances matemáticas remotas de título mundial. Mas, não estão incluídos nessas contas porque se Medina chegar na final, eles já não o alcançam mais.