<
>

Nesta terça-feira, Filipe Toledo inicia busca pelo tri em J-Bay

Atual terceiro colocado no ranking e com boas chances de alcançar a lycra amarela do líder da Championship Tour, o brasileiro Filipe Toledo vai, a partir desta terça-feira, em busca de um resultado histórico em Jeffreys Bay, na África do Sul.

Após uma vitória marcante em Saquarema, Toledo pode conquistar um tri-campeonato consecutivo na etapa sul-africana, a sexta do calendário.

“O segredo é aproveitar, me divertir, porque é um lugar mágico. Fazer o que ama com prazer. A partir do momento que a gente perde o prazer no que a gente ama, não dá mais. Nesse momento que estou, bem gostoso, depois da vitória em Saquarema, posso aplicar o mesmo em J-Bay. Chega de pressão, agora é só diversão”, disse.

Em 2017, Filipinho venceu o português Frederico Morais (18 a 17,73), e em 2018 o triunfo foi sobre o australiano Wade Carmichael (16,80 a 15,33). Neste ano, le está escalado para a sexta bateria contra o australiano Adrian Buchan e o sul-africano Michael February.

“J-Bay é um lugar muito especial. Amo as ondas, o povo local, a cultura, da mesma forma que sou muito conectado na etapa de Saquarema, sou aqui também. E só espero que possa fazer uma bela campanha e, quem sabe, o tri”, afirmou.

Neste ano, além de buscar o título, o brasileiro também vai em busca da classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020, e fez questão de ressaltar a importância da vaga.

“Sem dúvida, é uma conquista muito importante e espero que no final do ano esteja dentro das duas vagas e perto do título. A classificação olímpica é um peso muito grande e vou dar meu melhor, meu máximo para conseguir”, completou.