<
>

Brasileira Tatiana Weston-Webb é vice-campeã em Margaret River; americana fica com o título

Vice-campeã em Margaret River, Tatiana Weston-Webb (Brasil) posa ao lado da primeira colocada Lakey Peterson (Estados Unidos) Matt Dunbar/WSL via Getty Images

Na madrugada desta terça-feira, Tatiana Weston-Webb conquistou, até então, seu melhor resultado no Circuito Mundial de Surfe feminino de 2019. A brasileira foi vice-campeã da etapa da Margaret River, na Austrália, a quarta da temporada, perdendo a finalíssima para Lakey Peterson, dos Estados Unidos.

Com o resultado, a gaúcha de apenas 23 anos de idade sobe uma posição no ranking geral da WSL (World Surfe League), chegando a 17.765 pontos. Peterson é a sexta colocada, com 21.305, enquanto a líder do momento é a australiana Stephanie Gilmore, com 24.235.

Semifinais

Nas semifinais, Tatiana saiu perdendo da australiana Sally Fitzgibbons, mas arrancou uma vitória suada, literalmente em sua última onda. A surfista verde e amarela terminou a bateria com somatória igual a 13.33 (parciais de 6.33 e 7), contra 11.67 (6.50 e 6.17) da anfitriã.

Na outra bateria das semis, Lakey Peterson superou a havaiana Carissa Moore em duelo repleto de equilíbrio e emoção. Quem levou a melhor foi a estadunidense: 15.97 x 15.80.

Final

Na finalíssima, porém, Weston-Webb não foi bem. Uma série de escolhas erradas complicou a brasileira, que viu Peterson ser mais consistente e, mesmo sem brilho, faturar o caneco nas águas australianas. A somatória da norte-americana foi de 13.33 (6.40 e 6.93), contra apenas 10.40 (6.40 e 4) de Tatiana.