<
>

Filipe Toledo conquista título inédito em Bells Beach e mantém liderança do Mundial de surfe

Filipe Toledo superou o australiano Callum Robson e faturou o título em Bells Beach; o brasileiro manteve a liderança do ranking mundial da WSL


O sino mais tradicional do surfe mundial está nas mãos do Brasil. Com direito a uma decisão marcada pelos aéreos, Filipe Toledo superou o australiano Callum Robson e faturou o título em Bells Beach. A etapa badalada da WSL foi a 11ª vitória da carreira do brasileiro na carreira, e manteve Filipinho na liderança do ranking mundial.

Para chegar à decisão, o surfista de Ubatuba superou outro australiano, Ethan Ewing. E ainda houve o triunfo contra o havaiano John John Florence nas quartas de final.

“Cara, é o melhor sentimento do mundo. Melhor presente de aniversário da vida. Que presente! Não posso reclamar. Obrigado a todos”, disse o brasileiro em entrevista à WSL.

“Ainda não acredito que vou balançar esse sino. Sempre foi um sonho conquistar esse evento. Tem muita história, são tantos nomes especiais nesse troféu. Todos anos que a gente vem aqui têm altas ondas. Eu não sei o que falar agora. Têm sido muito loucas as últimas semanas, tudo estava tão conectado. Mesmo que as ondas não estivessem tão boas, eu tentei surfar e achar as melhores e ficar positivo em todas as situações. Foi demais”.