<
>

Yaras conquistam Campeonato Sul-Americano e garantem vaga na Copa do Mundo de Rugby Sevens 2022

Seleção brasileira bateu a Colômbia por 36 a 5 na final deste sábado.


Conteúdo patrocinado por Bradesco

As Yaras ratificaram sua hegemonia no continente ao bater a Colômbia por 36 a 5 na final do Campeonato Sul-Americano de Rugby Sevens – Valentin Martínez 2021, em partida realizada hoje (13) à tarde no estádio do Carrasco Polo Club, em Montevidéu.

As duas seleções garantiram participação na Copa do Mundo de Sevens, que será disputada na Cidade do Cabo, na África do Sul, de 9 a 11 de setembro de 2022. As Yaras já estiveram como única representante sul-americana nas edições de 2009 (Dubai), 2013 (Moscou) e 2018 (São Francisco) e agora irão acompanhadas das Las Tucanes colombianas.

Comandada pelo head coach Willian Broderick e pela capitã Luiza Campos, a seleção brasileira fez um torneio quase perfeito, com seis vitórias sem jogos, 264 pontos marcados dentro de campo, 42 tries e 27 conversões. Apenas Colômbia (5), Uruguai (12) e Argentina (12), que terminou em terceiro lugar no torneio, conseguiram vencer a defesa brasileira e anotar pontos.

A final foi mais uma comprovação do favoritismo das Yaras no torneio. Nos primeiros sete minutos (duração de cada tempo na modalidade sevens), a equipe brasileira impôs seu rugby mais aguerrido, dinâmico e criativo, marcando cinco tries com Thalia Costa (3), Mariana Nicolau e Bianca Silva, além das conversões de Raquel Kochhann e Isadora “Izzy” Cerullo. Na etapa final, a folga no placar foi preservada uma disciplina defensiva que chamou a atenção ao longo do torneio. Apesar dos penais cometidos, decorrentes da forte luta pela bola, as Yaras ainda marcaram um try com Marcelle Souza, completado por Izzy. No fim da partida, Leidy Soto marcou o try de honra das colombianas.

Campanha invicta do Brasil no Sul-Americano 2021

Jogos - 12 de novembro

  • Brasil 59 x 0 Costa Rica

  • Brasil 55 x 0 Guatemala

  • Brasil 29 x 12 Argentina

Jogos – 13 de novembro

  • Brasil 28 x 12 Uruguai

  • Brasil 57 x 0 Paraguai (semifinal)

  • Brasil 36 x 5 Colômbia (final)