<
>

Olimpíadas: EUA sofrem, mas se vingam da França, ganham o ouro pela 4ª vez seguida e mantêm supremacia no basquete

play
Olimpíadas: Estados Unidos dão o troco na França, vencem na final e levam o ouro no basquete masculino; VEJA (1:02)

Equipe norte-americana venceu por 87 a 82, com 29 pontos de Kevin Durant (1:02)

A seleção dos Estados Unidos de basquete masculino é ouro mais uma vez. Neste sábado, com show de Kevin Durant, o time dos EUA venceu a França na final das Olimpíadas de Tóquio-2020 por 87 a 82.

Dessa forma, a seleção dos EUA de basquete masculino mantém sua supremacia no esporte, conquistando o quarto ouro seguido na modalidade. Desde 2008 o time norte-americano subiu no topo do pódio em todas as Olimpíadas no basquete masculino.

Clique aqui para ver o Quadro de Medalhas das Olimpíadas atualizado e siga os Jogos de Tóquio em TEMPO REAL!

Kevin Durant foi o cestinha da partida com 29 pontos. Jayson Tatum também contribuiu com 19 pontos.

Pelo lado francês, Rudy Gobert foi o destaque com 16 pontos e 8 rebotes.

A equipe norte-americano não venceu com facilidade. A 10 segundos do fim, a liderança dos EUA era de apenas três pontos. Mas o time de Gregg Popovich soube manter os nervos e a ponta para conquistar o ouro.

A França eliminou os Estados Unidos nas quartas de final do Mundial de 2019 e venceu os americanos na estreia em Tóquio-2020. Porém, neste sábado a equipe de Gregg Popovich enfim se vingou dos europeus.

Maior potência no basquete, os Estados Unidos jamais ficaram sem uma medalha em 19 edições das Olimpíadas, com 16 ouros, uma prata (1972) e dois bronzes (1988 e 2004).