<
>

Olimpíadas: Marcell Jacobs, campeão dos 100m rasos, foi para o atletismo após conselho de treinador de futebol

play
Olimpíadas: Queniano sobra em prova de 800m, 'chama' rivais e avança para final (0:36)

Ferguson Rotich teve o melhor tempo das semifinais dos Jogos de Tóquio (0:36)

Após o reinado de Usain Bolt em três edições de Jogos Olímpicos, os 100m rasos tem um novo medalhista de ouro: Lamont Marcell Jacobs. O atleta virou o primeiro italiano na história a vencer a prova mais rápida do atletismo ao cravar 9.80s, neste domingo, em Tóquio.

Clique aqui para ver o Quadro de Medalhas das Olimpíadas atualizado e siga os Jogos de Tóquio em TEMPO REAL!

Filho de um soldado (fuzileiro naval) norte-americano e uma italiana, o atleta nasceu nos Estados Unidos na cidade de El Paso (Texas), que fica próxima da fronteira com o México.

Aos dois anos, ele mudou-se para uma cidade próxima de Brescia, na Itália, após a separação dos pais. Depois disso, perdeu contato com o pai por mais de uma década, que só retomou recentemente, e até hoje não fala muito bem inglês.

“Não consegui nem dizer uma palavra... Ainda sou 99,9% italiano. Do pai herdei a cor da pele e as fibras rápidas”, disse ao jornal Gazzetta Dello Sport.

Na infância, Marcell praticou natação, basquete e futebol, mas foi para o atletismo após ouvir uma recomendação de um treinador.

"Como nunca pegava a bola, mas corria depressa, ele me disse: 'Por que não experimenta outro esporte como o atletismo?'".

O jovem seguiu o conselho e trocou os gramados pelas pistas, aos dez anos. Especialista em provas de velocidade e de salto em distância, ele mudou-se para Roma para ter melhores treinamentos, ele viu seus resultados crescerem com o passar do tempo.

Depois de dominar as categorias de base em seu país, passou a ser o melhor velocista da Europa. Em maio deste ano, ele estabeleceu o recorde italiano nos 100m com um tempo de 9.95s, o que o tornou a 150ª pessoa na história a quebrar a barreira dos 10s.

Fã de basquete, ele já demonstrou nas redes sociais todo seu amor pelo Los Angeles Lakers e por Kobe Bryant – falecido em um acidente de helicóptero em janeiro de 2020.

Com o feito alcançado em Tóquio, Jacobs se tornou o primeiro atleta da Europa a vencer os 100m rasos em Jogos Olímpicos desde Valeriy Borzov, da antiga União Soviética em 1972.