<
>

Olimpíadas! As 3 coisas que rolaram na madrugada de sábado que você precisa saber

play
Nas Olimpíadas, Dressel bate recorde mundial, Ledecky vence e Bruno Fratus se classifica à final; VEJA como foi (1:57)

Dia da natação foi agitado e com diversas provas de muita qualidade (1:57)

A madrugada deste sábado das Olimpíadas de Tóquio-2020 foi recheada de grandes emoções, medalhas, decepções e recordes. E teve um feito histórico para o Brasil.

E se você dormiu, até porque ninguém é de ferro, não tem problema. O ESPN.com.br te mostra abaixo as 3 principais coisas que rolaram no período.

Clique aqui para ver o Quadro de Medalhas das Olimpíadas atualizado e siga os Jogos de Tóquio em TEMPO REAL!

Bronze histórico no tênis!

Luisa Stefani e Laura Pigossi fizeram história e conquistaram a primeira medalha do tênis em Olimpíadas. As brasileiras superaram as favoritíssimas Elena Vesnina e Veronika Kudermetova, da Rússia, de virada por 2 sets a 1, parciais de 4-6, 6-4 e 11-9 no super tie-break.

Com a vitória nas duplas, elas ganharam a medalha de bronze, uma das mais inesperadas do Brasil em toda a história.

Stefani e Pigossi salvam 4 match points, conquistam o bronze e ganham primeira medalha da história do tênis brasileiro

Desistências, sorte e até apendicite: como Pigossi e Stefani conquistaram a medalha mais improvável do Brasil nas Olimpíadas

Pigossi 'profetizou' medalha, e Stefani revela frase inspiradora em Tóquio-2020: 'Jogue pelo amor, não pelo resultado'

play
0:47

Olimpíadas: Pigossi e Stefani conseguem virada espetacular, são bronze e conseguem primeira medalha da história do tênis brasileiro

Brasileiras salvaram quatro match points e venceram as russas Veronika Kudermetova e Elena Vesnina por 2 sets a 1, parciais de 4-6, 6-4 e 11-9

Djokovic dá adeus de mãos vazias

Novak Djokovic entrou nos Jogos Olímpicos de Tóquio com a esperança de conseguir o "Golden Slam", que consiste em vencer todos os Grand Slams da temporada e a medalha de ouro no tênis.

O sérvio, porém, deixará o Japão sem nenhuma medalha, já que após perder na disputa do bronze em simples desistiu das duplas mistas também.

Djokovic jogaria a disputa de duplas mistas pelo bronze com Nina Stojanovic ainda neste sábado. Eles enfrentariam os australianos Ashleigh Barty e John Peers.

Porém, após perder na semifinal em simples para Pablo Carreño Busta, o sérvio citou uma lesão no ombro esquerdo e desistiu da partida.

Djokovic é derrotado por Pablo Carreño Busta, da Espanha, e fica sem medalha no tênis de simples em Tóquio

Djokovic cita lesão, desiste de disputa do bronze nas duplas e dá adeus a Tóquio-2020 sem medalhas

play
0:52

Olimpíadas: Brasil larga nas quartas, mas perde dois confrontos e sai sem medalhas na disputa por equipes do judô; VEJA

Equipe brasileira caiu para a Holanda nas quartas e para Israel na repescagem

Biles desiste de mais duas finais

Estrela das Olimpíadas de Tóquio, Simone Biles desistiu de mais duas finais na ginástica artística. O time americano informou nesta sexta-feira que a tetracampeã olímpica não disputará as decisões no salto e nas barras assimétricas. Ela cuida da saúde mental e já deixou de participar de outros eventos.

As competições serão na manhã deste domingo no Brasil, com a brasileira Rebeca Andrade presente no salto, às 5h45 (de Brasília).

Simone Biles desiste de mais duas finais olímpicas para cuidar da saúde mental