<
>

Brasileiro pede, e eliminatórias do skate são antecipadas em meia hora nas Olimpíadas

play
Ketleyn Quadros, do judô, e Bruno Rezende, do vôlei, serão os porta-bandeiras do Brasil em Tóquio: Relembre todos desde 1920 (4:11)

Cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 acontece nesta sexta (23) (4:11)

As elevadas temperaturas no Japão estão fazendo alguns atletas sofrerem antes mesmo da abertura oficial dos Jogos Olímpicos de Tóquio, e até gerando mudanças na programação das competições. Foi esse o motivo da alteração no horário da qualificação do skate street.

Após um pedido encabeçado pelo brasileiro Kelvin Hoefler, a organização confirmou que as atividades no fim de semana serão antecipadas em meia hora.

As qualificações masculinas (sábado) e femininas (domingo) estavam inicialmente agendadas para 21h, mas passarão para 20h30, em horários de Brasília. Isso acontece em decorrência do forte calor nesta época do ano no Japão, com temperaturas acima dos 30°C.

O brasileiro já havia pedido melhorias na pista de skate street. O forte calor no pais asiático vinha fazendo com que a vela usada para manobras em corrimão derretesse facilmente, algo que foi atendido pela organização em Tóquio.

“A gente desce bastante corrimão, então usa bastante vela e está derretendo. Isso trava. Eu consegui falar com o pessoal da California Skate Parks, que fez a pista”, disse Kelvin ao portal Olimpíada Todo Dia.

“Eles lixaram todos os corrimãos e passaram acrílico em cima. Isso faz com que não precise de tanta vela. Estava travando demais, muita gente se machucando. Se trava, a gente não tem o reflexo para cair e a queda é muito grande. Sou bem amigo do pessoal que fez a pista, fizeram a minha em casa, então tenho um relacionamento muito bom com eles”.