<
>

Olimpíadas: Brasil conhece adversários no Judô, e Rafael Baby escapa de 'algoz' Teddy Riner até as semis

play
Brasil estreia no futebol masculino contra a Alemanha nas Olimpíadas! Veja os eventos do segundo dia em Tóquio (1:15)

Daniel Alves e a seleção brasileira defendem a medalha de ouro e fecham a primeira rodada do futebol masculino (1:15)

Na madrugada desta quinta-feira no Brasil, os atletas brasileiros conheceram seus adversários nas chaves do torneio de Judô, que começa dia 23, às 23h (Brasília).

Rafael Silva, o Baby, é um dos que mais comemorou o resultado do sorteio realizado pelo Comitê Organizador das Olimpíadas de Tóquio. O brasileiro não enfrentará Teddy Riner, uma lenda do esporte e "carrasco" de Rafael na Rio-2016 até, no mínimo, as semifinais.

Baby está de "bye", o descanso, na primeira rodada e só entra em ação a partir da segunda rodada. Pelo chaveamento, porém, Teddy Riner, que chegou a ficar 154 lutas invicto entre 2010 e 2020, só pode ser adversário do brasileiro nas semis. Eles se enfrentaram nas quartas em 2016, e o francês mandou o brasileiro, que viria a ser bronze, para a repescagem.

Ketleyn Quadros, uma das porta-bandeiras da delegação brasileira, estreia contra Cergia David, de Honduras, na categoria até 63kg.

Veja o chaveamento dos brasileiros na estreia do Judô:

Eric Takabate enfrenta Soukphaxay Sithisane, de Laos - -60kg

Daniel Cargnin enfrenta Abdelmawgoud, do Egito - -66kg

Eduardo Yudy enfrenta Sagi Muki, de Israel - -81kg

Rafael Macedo enfrenta Bozbayev, do Cazaquistão - -90kg

Rafael Buzacarini enfrenta Nikoforv, da Bélgica - -100kg

Gabriela Chibana enfrenta Bonface, de Malawi - -48kg

Larissa Pimenta enfrenta Agata Perence, da Polônia - -52kg

Ketleyn Quadros enfrenta Cergia David, de Honduras - -63kg

Maria Portela enfrenta Shaheen, da equipe de refugiados - -70kg

Estão de "bye" na 1ª rodada: Rafael Baby, Mayra Aguiar, Maria Suelen e o Brasil no Judô por equipes