<
>

Olimpíada de Tóquio tem data confirmada após adiamento por coronavírus: 23 de julho de 2021

play
Carissa Moore aprova adiamento das Olimpíadas de Tóquio: 'A saúde de todos é a principal preocupação' (0:22)

A surfista hawaiana conquistou os circuitos em 2011, 2013, 2015 e 2019 (0:22)

Os organizadores dos Jogos de Tóquio 2020 confirmaram nesta segunda-feira a edição adiada vai começar em 23 de julho de 2021, quase um ano depois da data inicialmente prevista.

Assim anunciou em entrevista coletiva o presidente do comitê organizador, Yoshiro Mori, pouco após conversar por telefone com o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach.

A nova data foi proposta pelos organizadores tendo em conta que se queria conceder "suficiente tempo para os preparativos" dos atletas e das outras partes implicadas, assim como se considerava preferível que os Jogos tivessem lugar em um período de férias, segundo Mori.

"Devido à situação do coronavírus, também acreditávamos que era melhor que os Jogos fossem no verão (do hemisfério norte)", acrescentou o dirigente.

A próxima Olimpíada ia começar em 24 de julho deste ano, mas no último dia 24 de março foi anunciado o adiamento por causa da pandemia do coronavírus, o que obrigou o cancelamento de grande parte dos eventos classificatórios, da suspensão dos treinos dos atletas e da restrição dos deslocamentos internacionais.

De acordo com Yoshiro Mori, as provas olímpicas vão começar agora em 23 de julho e terminarão em 8 de agosto de 2021. Os Jogos Paralímpicos, por sua parte, terão início em 24 de agosto e se encerram em 5 de setembro.

Com relação às datas previstas para 2020, há o adiantamento de um dia para que a cerimônia de abertura coincida com uma sexta-feira.