<
>

Pan: Brasil estreia sem 'ninguém' vendo e bate Cuba na estreia no handebol feminino

play
Brasileiros se divertem com futemesa no 1º dia dos Jogos Pan-Americanos de Lima (0:29)

O jogo virou febre entre os atletas de futebol. (0:29)

Ao menos no primeiro jogo, o Brasil confirmou seu favoritismo no handebol feminino. Diante de Cuba, uma das rivais mais difíceis das Américas, vitória por 29 a 20.

O curioso é que praticamente ninguém viu a partida! O duelo não teve transmissão oficial e tinha arquibancadas longe de estarem cheias – mesmo em um ginásio minúsculo.

Mesmo contando jornalistas e outros atletas presentes, cerca de 100 pessoas assistiram ao duelo.

O jogo não foi tranquilo no começo. O Brasil saiu atrás do placar e precisou de pouco mais de 15 minutos para conseguir sua primeira vantagem na partida. Quando conseguiu, porém, não a desperdiçou mais e comandou o placar até o final.

Bruna de Paula foi a artilheira brasileira, com 6 gols.

O Brasil é o atual pentacampeão do torneio e não perde um jogo sequer desde 20 de março de 1995, quando acabou caindo para os Estados Unidos.

O próximo rival é o time do Canadá, de novo às 22h30 (de Brasília), desta quinta-feira.

O compromisso deve ser bem mais tranquilo – as canadenses são cotadas para o último lugar do grupo e já perderam por 23 a 9 para Porto Rico na estreia.

As duas primeiras seleções de cada chave se classificam para as semifinais.

No outro grupo, a primeira rodada teve vitória da República Dominicana por 46 a 16 sobre o Peru e triunfo da Argentina por 26 a 15 sobre os Estados Unidos.