<
>

NFL: Dak Prescott renova com o Dallas Cowboys por quase R$ 1 bilhão e recebe maior bônus da história

play
Esquema espião: JJ Watt se diverte com 'plano secreto' por trás de anúncio de acerto com os Cardinals (1:10)

Craque ex-Texans foi o responsável por divulgar seu próprio destino (1:10)

O Dallas Cowboys e o quarterback Dak Prescott concordaram com um contrato de quatro anos por 160 milhões de dólares (R$ 960 milhões), incluindo 126 milhões de dólares (R$ 740 mi) garantidos, uma fonte disse a Adam Schefter, da ESPN.

O bônus de assinatura de Prescott é de 66 milhões de dólares (R$ 387 milhões), o maior da história da NFL.

Os Cowboys anunciaram que concordaram em um contrato com Prescott, mas não divulgaram os termos. Os Cowboys colocarão a franchise tag em Prescott na terça-feira como uma questão processual. Os Cowboys anunciaram que realizarão uma entrevista coletiva na quarta-feira.

O processo para chegar a um acordo de longo prazo com a Prescott durou três temporadas, várias ofertas milionárias e horas de negociações. Os Cowboys, o tempo todo, disseram que queriam que Prescott fosse o quarterback da franquia para o presente e o futuro, e Prescott disse que queria continuar com os Cowboys.

Prescott, que completa 28 anos em julho, está saindo de uma fratura exposta e luxação do tornozelo direito sofrida na vitória da semana 5 contra o New York Giants em outubro, mas a previsão é que ele se recupere totalmente antes da próxima temporada.

Agora que o negócio está concluído, o foco se volta para melhorar o elenco em torno de Prescott para garantir que os Cowboys possam disputar o Super Bowl.

Os Cowboys sequer foram aos playoffs em três das últimas quatro temporadas. A ausência de Prescott em 2020, no entanto, mostrou como ele é fundamental para o sucesso do time. Antes de se machucar, ele lançou para 1.856 jardas com nove touchdowns e quatro interceptações em cinco jogos. O ataque dos Cowboys se arrastou por algumas semanas sem Prescott, marcando um touchdown em três jogos depois de marcar pelo menos 31 pontos em quatro dos primeiros cinco jogos.

Em cinco temporadas, Prescott tem um recorde de equipe de sete jogos de passes de 400 jardas e 24 touchdowns corridos. Ele é o segundo atrás de Tony Romo em jogos de passes de 300 jardas com 15. Ele também provou ser 'o cara' no fim, com 15 drives de vitória de jogo.

Prescott, a escolha da quarta rodada do Cowboys em 2016, tem um recorde de 42-27 com 17.364 jardas de passe para ir junto com 106 passes para touchdown e 40 interceptações.

Com o contrato firmado, as expectativas serão ainda maiores para Prescott de entregar um Super Bowl para uma organização que não chega ao jogo do título há 25 anos.