<
>

2021 vai imitar 1999? O ano em que 16 quarterbacks trocaram de time e viraram a NFL de ponta cabeça

play
Paulo Antunes analisa troca entre Philadelphia Eagles e Indianapolis Colts que mandou Carson Wentz para Indianapolis (6:01)

Quarterback será jogador dos Colts na próxima temporada (6:01)

Conteúdo patrocinado por Ipiranga, Mitsubishi, Samsung, C6 Bank e Magazine Luiza

Oito dias antes do Super Bowl LV encerrar oficialmente a temporada 2020 da NFL, o som do carrossel já era escutado de longe.

Os quarterbacks já estavam girando rumo a seus novos times.

Sim, os Chiefs e os Buccaneers ainda precisavam se resolver na briga pelo título, mas o Detroit Lions já tinha fechado, em 30 de janeiro, a troca de Matthew Stafford para o Los Angeles Rams por Jared Goff e várias escolhas de draft.

E, assim, a constante e eterna busca pelo 'cara' para ficar atrás do center começou oficialmente para a nova temporada. Executivos da liga disseram que esta offseason pode ter a maior quantidade de trocas de quarterback de uma temporada para a outra na história. O recorde? Bom, o recorde é de 16 mudanças entre 1998 e 1999. Em 1998, a liga contava com 30 times, já que a expansão do Cleveland Browns aconteceu em 1999 - o que significa que 16 das 30 equipes voltaram um ano depois com novos quarterbacks, ou 53% de toda a NFL.

Um grande motivo para entender por que tantas franquias mudaram de QBs naquele ano pode ser entendido pelas franquias que não mudaram. Cinco futuros jogadores de Hall da Fama - Brett Favre, Troy Aikman, Steve Young, Dan Marino e Peyton Manning - estavam no lugar certo. E sete dos outros 14 times já tinham um quarterback que já havia sido - ou seria em breve - titular em pelo menos um Super Bowl por eles.

O total nem conta Kordell Stewart, que teve quatro corridas quando ainda era calouro dos Steelers no Super Bowl XXX antes de ganhar a titularidade em 1997.

Baltimore Ravens Quarterback: Scott Mitchell

Mitchell abriu a temporada de 1999 como titular dos Ravens no lugar de Jim Harbaugh, mas o time também teve Stoney CAse e Tony Banks como titulares durante a temporada de 8 vitórias e 8 derrotas - que acabou com média de apenas 189 jardas aéreas por partida.

Carolina Panthers

Quarterback: Steve Beuerlein

Beuerlein substituiu Kerry Collins durante a temporada de 1998 - Collins basicamente se mandou para o banco naquele ano. Beuerlein teve 4.346 jardas e 36 touchdowns na temporada com os Panthers, melhores marcas de sua carreira - nas outras 13, ele nunca teve mais de 19 passes para TDs.


Chicago Bears

Quarterback: Shane Matthews

Erik Kramer, titular em 1998, assinou com San Diego, e os Bears selecionaram Cade McNown com a 12ª escolha do draft de 1999. Matthews foi titular nos cinco primeiros jogos da temporada - sete no total -, McNown foi em seis e Jim Miller nos outros três.


Cincinnati Bengals

Quarterback: Jeff Blake

Os Bengals dispensaram Neil O'Donnell depois da temporada de 1998 e selecionaram Akili Smith com a terceira escolha do draft de 1999 antes de usarem Blake como titular em 12 jogos naquela temporada.


Denver Broncos

Quarterback: Brian Griese

A única mudança natural que vimos aconteceu depois da aposentadoria do Hall da Fama John Elway, que deixou o esporte após sua segunda vitória seguida em Super Bowl. Brian Griese abriu a temporada como titular em 1999, um trabalho que ficou muito mais difícil depois que Terrell Davis lesionou o joelho na semana 4 e perdeu o restante da temporada.


Detroit Lions

Quarterback: Charlie Batch

Batch não abriu e nem fechou a temporada de 1998 como titular dos Lions, mesmo tendo começado 12 jogos pelo time em seu ano de calouro. Scott Mitchell fez os dois primeiros jogos, e Frank Reich fez o último. Batch, depois, começou 1999 com a titularidade dos Lions.


Minnesota Vikings

Quarterback: Randall Cunningham

Para um time que terminou 1998 com 15 vitórias e 1 derrota, os Vikings tiveram muito trabalho com a posição de quarterback no ano seguinte. Eles mandaram o titular do começo de 1998, Brad Johnson, que sofreu uma fratura na perna na semana 2 e perdeu o ligar para Randall Cunningham, para Washington por três escolhas de draft. Depois, usaram uma dessas escolhas - a 11ª - e selecionaram Daunte Culpepper, e Jeff George, que chegou no mercado de free agency, assumiu a titularidade do time no lugar de Cunningham na semana 7.

play
6:01

Paulo Antunes analisa troca entre Philadelphia Eagles e Indianapolis Colts que mandou Carson Wentz para Indianapolis

Quarterback será jogador dos Colts na próxima temporada


New York Giants

Quarterback: Kent Graham

Graham, que ganhou o lugar de Danny Kanell depois de 10 jogos dos Giants em 1998, abriu a temporada e foi titular em nove jogos de 199 antes de perder a posição para Kerry Collins.


New York Jets

Quarterback: Vinny Testaverde

Glenn Foley abriu 1998 como titular antes de sofrer uma lesão nas costelas que o tirou de campo. Testaverde, que jogou no lugar de Foley no restante de 1998, abriu 1999 como titular, mas sofreu uma lesão no tendão de Aquiles já no segundo quarto da derrota para os Patriots na semana 1.


Oakland Raiders

Quarterback: Rich Gannon

Jeffe Goerge, titular na abertura da temporada de 1998, foi um dos três quarterbacks que começaram jogos pelos Raiders naquele ano (Donald Hollas e Wade Wilson foram os outros). Ele deixou o time na free agency de 1999, e Rich Gannon começou sua era de seis anos como QB dos Raiders que incluiu um MVP em 2002.


Philadelphia Eagles

Quarterback: Doug Pederson

Depois de ter três titulares na campanha de só três vitórias em 1998, os Eagles usaram a segunda escolha do draft de 199 para selecionar Donovan McNabb, o QB do futuro da franquia. E o futuro treinador dos Eagles, Doug Pederson, foi o titular nas nove primeiras partidas antes de McNabb assumir a posição.


San Diego Chargers

Quarterback: Jim Harbaugh

Ryan Leaf, titular em sua temporada de calouro em 1998, sofreu uma lesão no ombro que encerrou seu ano ainda no training camp, então Harbaugh começou 12 partidas naquela temporada.


St. Louis Rams

Quarterback: Kurt Warner

Contratado recentemente, Trent Green deveria ter substituído Tony Banks na temporada de 1999, mas Green sofreu uma lesão no joelho que encerrou seu ano na pré-temporada. Mas a chance para Warner foi perfeita, e ele começou uma arrancada em sua carreira de Hall da Fama que teve como auge os 41 touchdowns e o título meses depois.

Seattle Seahawks

Quarterback: Jon Kitna

Warren Moon, que foi titular em 10 jogos de 1998 aos 42 anos de idade, foi para Kansas City, então Kitna venceu a briga pela vaga em 1999.


Washington

Quarterback: Brad Johnson

Depois de ter Trent Green como titular em 1998, Washington trocou suas três primeiras escolhas do draft para o Minnesota Vikings por Brad Johnson, titular em 1999. Dois meses depois, Washington receberam algumas escolhas de volta quando o New Orleans Saints mandou oito (seis de 1999 e duas de 2000) pela pick 5 e o direito de selecionar Ricky Williams.