<
>

Joe Burrow tem lesão estrutural no joelho, além de dois ligamentos rompidos, segundo fontes

O quarterback calouro do Cincinnati Bengals, Joe Burrow, lesionou severamente o joelho esquerdo no último domingo (23) de NFL, fontes disseram à ESPN.

Uma ressonância magnética mostrou que Burrow rompeu os ligamentos cruzado anterior e medial colateral, além de ter sofrido outros problemas estruturais.

Burrow saiu do jogo no terceiro quarto da derrota de domingo por 20-9 contra Washington. Em um tuite ainda na tarde de domingo, ele disse "Nos vemos no ano que vem", sugerindo que sua temporada de 2020 havia terminado.

Lesões no joelho dessa natureza geralmente tiram os jogadores de ação de nove a 12 meses, embora cada jogador tenha um tempo de recuperação diferente. Mas o status de Burrow para o início da próxima temporada agora está em questão.

Burrow esteve nas instalações dos Bengals na segunda-feira e parecia estar de bom humor após a lesão, de acordo com companheiros de equipe. O ex-QB da Ohio State University sofreu a lesão depois de ser atingido por dois defensores de Washington.

A primeira escolha geral no Draft de 2020 da NFL estava a caminho de se tornar o primeiro calouro na história da liga a ter seis jogos de 300 jardas aéreas em suas primeiras 10 partidas.

Não demorou muito para Burrow assumir a titularidade de Cincinnati. Fontes dizem que foi praticamente após a chegada dele que a decisão foi tomada Os Bengals dispensaram o veterano Andy Dalton, e não contrataram outro QB veterano para ficar no banco.

Em seus primeiros 10 jogos, o novato mostrou por que representa tanta esperança para uma franquia que não ganha um jogo de playoff desde janeiro de 1991. De acordo com ESPN Stats & Info, Burrow ocupa o quarto lugar na história da NFL em jardas totais nos primeiros 10 jogos da carreira (2.688 jardas, incluindo o número do jogo de domingo). Burrow também estava a caminho de quebrar o recorde de Andrew Luck de mais jardas aéreas de um novato (4.374).