<
>

NFL: Tom Brady desafia o 'senhor do tempo' e tem números invejáveis mesmo sem artilharia completa nos Bucs

play
Tudo ou nada nos Bucs? Paulo Antunes destrincha chegada de Antonio Brown ao time de Tom Brady (3:45)

Wide receiver fechou por uma temporada com Tampa Bay (3:45)

Faltando 25 segundos para o fim do primeiro tempo da partida contra o Las Vegas Raiders, o quarterback do Tampa Bay Buccaneers, Tom Brady, lançou um míssil para o wide receiver Scotty Miller – um touchdown de 33 jardas.

A probabilidade de conclusão no passe era de apenas 16,1% - a terceira menor de qualquer passe de touchdown nesta temporada - mas ele colocou a bola em uma posição que apenas Miller poderia fazer a recepção.

Parece que a narrativa do “Pai Tempo” alcançando o QB de 43 anos, que não está apenas prosperando no ataque de risco de Bruce Arians, apesar das preocupações de que ele não tinha força para o braço, mas Brady também apresenta números que são quase idênticos e até ligeiramente melhores do que em 2007, quando ele, aos 30 anos, liderou os Patriots a uma temporada regular invicta e conquistou seu primeiro título de MVP.

“Ele é fantástico”, disse Arians na quarta-feira. “Quando o vimos no ano passado, ainda conseguia fazer todos os passes. Não desapontou ninguém a esse respeito. Não temos nenhuma preocupação em chamar qualquer tipo de jogada de 5 a 60 jardas. É só uma questão de ficar mais confortável a cada semana e ver seus rapazes. ”

Brady fez 18 touchdowns nesta temporada, segunda melhor marca da NFL, atrás de Russell Wilson, e empatou em terceiro em sua carreira nos primeiros sete jogos da temporada. Brady acaba de ser premiado com o Jogador Ofensivo do Mês da Conferência Nacional - algo que nenhum jogador do Bucs fez antes. E desde a derrota na semana 1 para o New Orleans Saints, ele compilou uma proporção de TD-INT de 8 para 1, segunda melhor marca da liga atrás apenas de Patrick Mahomes. Ele agora tem seis passes completos de mais de 30 ou mais jardas nesta temporada, depois de ter completado cinco na última temporada.

Ele está deixando os donos de times de fantasy muito felizes também. Seus 151,1 pontos na pontuação padrão até agora nesta temporada são a sexta maior marca da NFL. Seus 122 pontos de fantasy desde a semana 3 também estão em terceiro lugar nessa temporada. Para piorar, ele está se aproximando do recorde de pontos de fantasy da história. Brady atualmente tem 5.111,14, perdendo apenas para 5.141,84 de Jerry Rice. O oponente dos Bucs esta semana no Monday Night Football, o New York Giants, cedeu de 59 pontos de fantasy (pontuação padrão) para os QBs adversários nas últimas três semanas – nona maior marca da NFL.

A partida entre New York Giants e Tampa Bay Buccaneers, no Monday Night Football, terá transmissão ao vivo e exclusiva na ESPN e no ESPN App a partir das 22h15, direto do MetLife Stadium.

O que é ainda mais impressionante é que Brady não teve seu elenco de apoio completo ainda.

O.J. Howard não vai jogar nesta temporada por conta de uma lesão no tendão de Aquiles. O pro Bowler Mike Evans tem lutado contra lesões nos tornozelos e tendões. Chris Godwin, seu outro recebedor Pro Bowler, perdeu três jogos com uma concussão e lesão no tendão, e perderá um quarto esta semana devido a um dedo quebrado que exigiu cirurgia.

Miller ainda está lutando contra uma lesão na virilha / quadril. Rob Gronkowski está com uma lesão no ombro. E os dois running backs em que Brady mais confia no jogo de passes, Leonard Fournette e LeSean McCoy, perderam jogos devido a lesões no tornozelo. Ainda assim, Brady completou passes com seis alvos diferentes para, pelo menos, dois touchdowns. Nenhum outro quarterback fez isso.

“Acho que a falta de continuidade também o prejudicou bastante. Tomara que possamos ter continuidade no futuro para que ele possa trabalhar com tempo e todas essas coisas ”, disse Arians. “Acho que Byron [Leftwich] fez um ótimo trabalho prepará-lo para jogar, vendo as coberturas e onde queremos colocar a bola. [Byron] obviamente o ouve nas coisas de que gosta, também, e as incorpora no ataque”.

Brady teve que evoluir seu jogo em Tampa, e isso não quer dizer apenas fazer jogadas mais longas.

"Sinto que foi algo em que pensei na off-season, colocar meu corpo em uma posição melhor para lançar, mesmo antes de receber a bola do center", disse Brady. "Estamos jogando muito no shotgun”.

Ele está se alinhando na posição shotgun mais do que com os Patriots. Os Bucs também fazem menos mudanças e movimentos pré-snap do que os Patriots, embora ainda incorporem todas as rotas favoritas de Brady a uma taxa semelhante.

“Não é uma surpresa”, disse Gronkowski, seu companheiro de equipe de 11 temporadas. "Tenho visto em primeira mão com meus olhos sua ética de trabalho e como ele cuida de si mesmo”.

O percentual de conclusão em janelas apertadas de Brady é outra área que melhorou significativamente em 2020, onde ele está completando 45,9% de seus passes. Um testamento para um corpo de recebedores melhor? Possivelmente. Ele completou 37,4% desses passes em 2019 e 29,9% em 2018. Seu percentual de conclusão em janelas apertadas na red zone também disparou em 2020: 66,7%, empatado em terceiro lugar na liga. Foi 33,3% em 2019 e 16,7% em 2018.

Ele também elevou o Bucs para 78,6% em touchdowns na red zone - quarta melhor marca da liga - depois de ser 64,8% nessa categoria um ano atrás, antes de sua chegada.

“O futebol americano é o esporte de equipe”, disse Brady. “Do ponto de vista de um quarterback, tenho muita confiança e segurança na posição do recebedor, a posição de tight end, a linha está fazendo um trabalho incrível de bloqueio. Meu trabalho é jogar para os caras que estão abertos e eles têm que fazer as jogadas. Eu acho que quando você vê uma grande produção, é realmente um reflexo de toda a unidade ofensiva”.

Brady levou os Bucs a uma campanha de 5-2 enquanto se preparavam para o jogo no horário nobre desta semana. Os Bucs perderam a chance de jogar em um jogo do horário nobre na semana passada. A NFL não podia prometer que Bucs e os Raiders seriam capazes de jogar devido aos testes COVID-19 positivos nos Raiders, então o jogo foi retirado do Sunday Night Football.

Agora Brady pode assumir o centro do palco, e se ele atuar da maneira que tem feito nas últimas semanas, só deve alimentar seu argumento para MVP - o que Arians acha que é garantido, mas apenas se a equipe continuar a ajudá-lo.

“Acho que nosso time terá que continuar vencendo, com certeza”, disse Arians. “Esse tipo de coisa só acontece com times que vencem”.