<
>

NFL: COVID-19 ameaça jogos, pior passe da história e treta; veja o resumo da semana 4

play
Caos no Texas com Houston e Dallas, Eagles líderes mesmo com só uma vitória e mais; Paulo Antunes resume semana 4 da NFL (3:28)

Sunday Night Football ainda fecha a rodada com dois jogos: Chiefs x Partriots e Packers x Falcons (3:28)

A semana 4 da NFL chegou ao fim, mas ela por pouco não existiu.

Diversos times tiveram casos positivos de COVID-19, cogitou-se adiar New Orleans Saints x Detroit Lions, adiaram Kansas City Chiefs x New England Patriots, após Cam Newton ser infectado, para segunda-feira, e Tennessee Titans (com 20 casos no elenco) x Pittsburgh Steelers agora será jogado na semana 7.

*Conteúdo patrocinado por Mitsubishi, Samsung, C6 Bank e Magazine Luiza

Apesar de ter sido ventilada a possibilidade de pausar a temporada, a NFL seguiu. E o ESPN.com.br traz o que de melhor, ou pior, aconteceu na semana.


COVID-19 ameaça a NFL

No começo da semana, o Tennessee Titans anunciou diversos casos positivos entre seus atletas e membros da comissão técnica. A NFL optou por transferir o confronto contra o Pittsburgh Steelers para a semana 7, no dia 25 de outubro.

Um jogador do New Orleans Saints havia testado positivo no fim da semana, mas a contraprova deu negativo, e a partida contra os Lions aconteceu normalmente.

O duelo Chiefs x Patriots chegou a ser ameaçado também após Cam Newton testar positivo. Mas depois de uma bateria de exames nos dois elencos, ninguém mais foi infectado. O jogo, que seria realizado no domingo, passou para segunda-feira.

Foi o primeiro grande surto de coronavírus com a temporada em andamento. Mas, sem uma bolha e com alguns times até tendo torcida nos estádios, é possível que esse não seja o último.


É porrada!

O Los Angeles Rams não teve muito trabalho para superar o New York Giants, que segue sem vencer no ano, por 17 a 9. Mas após o apito final, a porrada comeu solta.

Aparentemente a treta começou com um desentendimento entre Jalen Ramsey e Golden Tate, mas depois de iniciada, vários jogadores estavam envolvidos. A briga não durou muito e até agora não houve nenhuma punição.


Pior passe da história

Até restar 6 minutos para o fim do jogo, o San Francisco 49ers vencia o Philadelphia Eagles por 14 a 11. Mas o time da Califórnia despencou no final do último quarto. E o "auge" foi essa interceptação de Nick Mullens, mandando a bola na mão...do rival.

Mullens foi substituído por CJ Beathard, que por pouco não conseguiu uma improvável virada nos segundos finais. Os 49ers (2-2) sentem a falta de Jimmy Garoppolo.


Estão deixando a gente sonhar?

Tom Brady e o Tampa Bay Buccaneers estão engrenando. O camisa 12 lançou 5 passes para touchdown (ok, teve mais uma pick 6, sua quarta nos últimos 7 jogos) e conduziu os Bucs à vitória sobre o Los Angeles Chargers por 38 a 31.

Os Bucs agora venceram três seguidas após perder na estreia.


Um QB "coringa"?

Sabem quem mais está 3-1? O Cleveland Browns! O time de Ohio venceu o Dallas Cowboys por 49 a 38 no Texas. Odell Beckham Jr. anotou um touchdown, mas não foi lançado por Baker Mayfield.

Ele foi lançado por Jarvis Landry, que repetiu o feito de 2018 ao mostrar que é bom arremessando a bola.


A primeira vez a gente nunca esquece

Escolha número 1 do último Draft, Joe Burrow conseguiu sua primeira vitória na NFL! O Cincinnati Bengals passou pelo Jacksonville Jaguars por 33 a 25.

Quem ficou mais feliz com isso foi quem tinha Joe Mixon no seu time no Fantasy. Após três semanas trágicas, o running back teve mais de 180 jardas totais e anotou três touchdowns.


Lambança da arbitragem

Os Patriots perderam seu quarterback, que testou positivo para COVID-19, e tinham pela frente a nada fácil missão de enfrentar os atuais campeões fora de casa. Como se não fosse o suficiente, ainda precisaram superar uma lambança da arbitragem, que não deu um fumble e uma interceptação (no mesmo lance!), levando Bill Belichick à loucura.

New England fez um bom trabalho e segurou o ataque de Patrick Mahomes a apenas seis pontos no primeiro tempo, mas não teve jeito: triunfo por 26 a 10 para Kansas City no jogo adiado.


O velho Rodgers de volta?

Olho no Green Bay Packers! Já são quatro vitórias em quatro jogos para a franquia de Wisconsin, que bateu o Atlanta Falcons por 30 a 16 no último Monday Night Football. E mais uma atuação absurda de Aaron Rodgers, acertando 27 de 33 passes para 327 jardas e 4 touchdowns, sem nenhuma interceptação.

Depois de alguns anos abaixo de seu padrão, o quarterback parece de volta ao nível de elite e está tão à vontade que já até comemora mostrando o "muque" para as câmeras. Nas primeiras quatro semanas, nenhum jogador teve um QBR (cálculo estatístico da ESPN que mede a performance de quarterbacks) tão alto quanto ele desde que a estatística começou a ser medida 15 temporadas atrás.