<
>

NFL: Mahomes encanta com atuação de gala, ofusca Lamar no duelo de MVPs, e Chiefs batem Ravens

Fechando a semana 3 da NFL, o Kansas City Chiefs derrotou o Baltimore Ravens por 34 a 20 em uma atuação incrível de Patrick Mahomes até mesmo para seus parâmetros.

O atual MVP de um lado. Seu antecessor e atual MVP e campeão do Super Bowl do outro. Lamar Jackson x Patrick Mahomes. Não tinha como não ser muito bom.

Do começo ao fim, o craque dos Chiefs ditou o ritmo e protagonizou um recital, com passes longos, curtos, se mexendo e muito mais. Com uma variedade enorme de jogadas 'pegadinhas', comandou um show. Vale destacar também como ele usou muito bem o calouro Clyde Edwards-Helaire, baixinho que atormentou a defesa dos Ravens.

Logo de cara, Mahomes mostrou a que veio. Após um Field Goal dos rivais, ele logo conduziu seu time para o primeiro touchdown, correndo com a bola. Em seguida, sua defesa foi perfeita, ele recuperou a bola e logo fez mais um TD - dessa vez, cheio de marra, passando a bola como se estivesse jogando boliche. Assim, a vantagem logo se tornou de dígitos duplos, algo que Lamar Jackson nunca conseguiu reverter em uma partida.

A resposta foi imediata, com Devin Duvernay correndo 93 jardas no retorno do chute, fazendo o primeiro TD dos Ravens e deixando o placar em 13 a 10 para Kansas City

Mas o jogo não era equilibrado, e não foi do começo ao fim. Se Mahomes já tinha dois TDs no começo do jogo, antes do intervalo fez mais dois: primeiro, com passe de 20 jardas para Tyreek Hill; depois, com passe de 49 jardas para Mecole Hardman. A vantagem ainda podia ser maior, pois Harrison Butker errou um ponto extra no começo do jogo e um FG no fim do 2º quarto.

Depois dessa primeira metade de jogo fenomenal, o ritmo caiu um pouco no segundo, e Lamar Jackson apareceu, conseguindo levar os Ravens para um chute e depois um TD, tirando a diferença para 7 pontos no começo do último quarto.

Mas Mahomes não ia perder esse jogo. Em mais uma campanha de manual, ele atravessou o campo e passou para Eric Fisher aumentar a vantagem. No que era o último suspiro de Baltimore, a defesa dos Chiefs foi gigante e engoliu Lamar quando o craque estava muito perto de um TD que botaria fogo no jogo. Inclusive, essa foi uma constante no jogo, já que o QB sofreu 4 sacks na partida.

A merecida vitória veio para o Kansas City Chiefs. De quebra, Mahomes chegou a 10 mil jardas aéreas em sua curta carreira e se tornou o mais jovem a fazer isso, superando Kurt Warner. O atual MVP do Super Bowl precisou de 34 jogos para tal, enquanto o antigo dono do recorde levou 36.

Estatísticas

Kansas City Chiefs

  • Patrick Mahomes: 31/42 nos passes, 385 jardas aéreas, 4 TDs passados, 4 corridas, 26 jardas corridas, 1 TD terrestre

  • Clyde Edwards-Helaire: 20 corridas, 64 jardas terrestres, 5 recepções, 70 jardas aéreas

  • Tyreek Hill: 2 corridas, 25 jardas terrestres, 5 recepções, 77 jardas aéreas, 1 TD

Baltimore Ravens

  • Lamar Jackson: 15/28 nos passes, 97 jardas aéreas, 1 TD, 8 corridas, 84 jardas terrestres

  • Gus Edwards: 4 corridas, 39 jardas

  • Mark Ingram II: 7 corridas, 30 jardas