<
>

NFL: Brady e companheiros de Buccaneers ignoram recomendações e treinam em escola de Tampa

Mesmo com dois jogadores diagnosticados com coronavírus e um assistente técnico tendo testado positivo na última semana, os jogadores do Tampa Bay Buccaneers continuam com treinamentos em grupo no campo de um colégio local.

O Tampa Bay Times reportou que Tom Brady e vários colegas da franquia da NFL estiveram em Berkeley Prep, treinando na manhã desta terça-feira (23), apesar da Associação de Jogadores da NFL (NFLPA) ter se posicionado contra esses treinamentos.

Brady foi visto ao lado de Rob Gronkowski, Chris Godwin, Scotty Miller, Jamel Dean, Sean Murphy-Bunting, Mike Edwards, Blaine Gabbert, Ryan Griffin e Ryan Jensen.

O diretor médico da NFLPA, Dr. Thom Mayer, disse no sábado (20) que os jogadores não devem "se envolver em exercícios conjuntos privados".

"Por favor, estejam cientes de que a opinião médica consensual em razão do crescimento dos casos de COVID-19 em alguns estados é de que os jogadores não devem se envolver em exercícios conjuntos privados", disse Mayer. "Nosso objetivo é que todos os jogadores e suas famílias estejam o mais saudável possível nos próximos meses".

O estritório da liga ficou sabendo dos exercícios, assim como a NFLPA e os Buccaneers, que reabriram oficialmente as suas instalações no dia 10 de junho. Os treinadores da franquia voltaram às instalações no dia 15, mas os jogadores ainda não foram permitidos a entrar, ao menos que estejam recebendo tratamento médico.

"Todos os asscociados à NFL deveriam seguir as recomendações e os manuais das autoridades locais e dos experts da saúde, incluindo a NFLPA", disse o porta-voz da NFL Brian McCarthy à ESPN. "A liga está trabalhando com a NFLPA para concluir os protocolos restantes e finalizar os ajustes para a realização segura dos training camps no próximo mês".

Os casos de COVID-19 no estado da Flórida e na região de Tampa Bay estão crescendo. O Governo do condado de Hillsborough divulgou um anúncio em suas redes sociais no sábado (20), com participação do treinador dos Bucs, Bruce Arians, encorajando a população a manter as precauções, assim que o estado se aproximou de 100 mil casos, com o recorde de 4 mil em apenas um dia.

"Nesses tempos difíceis, é importante que todos nós mostremos que nos importamos com a saúde da comunidade", Arians diz no vídeo. "Você pode espalhar a COVID-19 sem saber. Use máscara, lave as mãos, mantenha distância dos outros, fique forte e vai Bucs!"