<
>

NFL: Respondemos as principais questões sobre o futuro de Brady, com ou sem os Patriots

play
Ex-jogador da NFL que perdeu titularidade para Brady revela o que pensava: 'Vai ser um bom quarterback reserva' (1:09)

Drew Bledsoe se lesionou e nunca mais teve seu emprego de QB titular do New England Patriots (1:09)

FOXBOROUGH, Massachusetts - A temporada do New England Patriots terminou com uma derrota em 4 de janeiro e, desde então, não passou um dia em que o futuro incerto do quarterback Tom Brady não tenha sido um tema importante no mundo da NFL.

É compreensível, devido ao seu status de lenda ao redor da lita. As inúmeras possibilidades provocam especulações e intrigas generalizadas.

Mas, apesar de toda a conversa, pouco mudou nas últimas cinco semanas. Aqui está um check-in gratuito da Brady em meados de fevereiro:

Qual tipo de progresso foi feito nas negociações de contrato?

Nenhum. Até o final da semana passada, os dois lados não haviam se envolvido em negociações contratuais, segundo fontes. Mas, como Brady observou em sua entrevista para a Westwood One, há um diálogo aberto entre ele e os Patriots, o que reflete que a situação é sem animosidade. “Eles sabem como me sinto sobre eles. Eu sei como eles se sentem sobre mim. Sempre tivemos um ótimo relacionamento. Sempre iremos ter”, disse Brady.

Quão surpreso você está pelo fato de não termos negociações?

Isso é comum com base no fluxo geral da offseason para a maioria das equipes. A primeira prioridade é fechar o livro da temporada. Em seguida, os treinadores costumam tirar uma folga. Em breve, o foco mudará para a agência livre. Nesta semana, por exemplo, a equipe técnica dos Patriots está de folga.

Então, qual é a época mais realista para negociações contratuais?

Porque os Patriots absorverão uma cobrança de teto salarial de US$ 13,5 milhões se Brady não estiver no elenco quando 2020 oficialmente começar para a NFL em 18 de março às 18h30 (horário de Brasília) - o que explicaria a aceleração de seu bônus de assinatura anterior - o proprietário Robert Kraft e o técnico Bill Belichick deverão pressionar por discussões substanciais antes desse ponto.

Simplificando, os Patriots vão querer clareza sobre as intenções e a disposição de Brady de retornar quando entrarem na agência livre, pois esse será o primeiro grande dominó a cair no planejamento da equipe.

Os Patriots projetam ter cerca de US$ 29 milhões em cap salarial, segundo fontes. Mas se o contrato de Brady for prorrogado antes do início do ano da liga em 2020, isso diminuiria o 'dinheiro morto' no limite de 2020 da equipe, porque poderia ser contabilizado por vários anos.

Como essa linha do tempo conversa com a possibilidade de Brady fazer visitas a outras equipes?

Se Brady estiver comprometido a visitar outras equipes, o que pode acontecer apenas quando o 2020 oficialmente começar, ele colocará os Patriots em uma situação financeira difícil e diminuirá a probabilidade de seu retorno. Isso significaria que os Patriots teriam que absorver uma cobrança de US $ 13,5 milhões, independentemente.

Portanto, levar esse golpe de US$ 13,5 milhões e assinar com Brady para um acordo diferente que acrescentaria mais cobranças ao teto não seria um cenário favorável para os Patriots.

Alguns vêem a decisão de Brady de colocar uma provisão em seu último contrato dizendo que ele não pode receber a franchise tag como um indicativo de que ele quer visitar outros times. Outros veem isso como um veículo para ele ter vantagem nas discussões com os Patriots, algo que ele não tinha ao seu lado nas duas últimas negociações.

Outro ponto importante sobre as visitas de agentes livres: os representantes de Brady podem negociar com outros times a partir de 16 de março, 18h00. Isso significa que Brady ainda terá 48 horas para 'sentir o mercado' antes de tomar a sua decisão.

O que é mais importante para Brady?

O ex-coordenador ofensivo do Patriots, Charlie Weis, é um dos principais mentores de Brady - Brady estava ao lado de Weis quando teve complicações de uma cirurgia de bypass gástrico - e Weis falou sobre uma conversa recente em seu programa de rádio.

“Eu mandei uma mensagem para ele quando eles escolheram os 100 melhores… e disse 'Parabéns'. Ele disse 'Por quê?' Eu disse por fazer parte dos 100 melhores e por ser o titular. Ele disse: "Você sabe que a única coisa com a qual me preocupo é com um anel". Isso resume tudo. Ele quer ganhar outro título. É por isso que ele ainda está jogando. Ele não jogaria por dinheiro neste momento. "

Isso é consistente com o modo como Brady abordou sua carreira, mas é uma confirmação oportuna de que sua mentalidade não mudou.

O que é mais importante para os Patriots?

Kraft disse que espera que Brady retorne. E Brady ainda dá aos Patriots a melhor chance de vencer, que geralmente é a base para a maioria das decisões de Belichick. Então, em um mundo perfeito, eles assinariam com Brady um acordo que funcionasse para os dois lados e lhe daria a chance de terminar sua carreira em New England.

Mas também há um reconhecimento, independentemente de como as coisas se desenrolam com Brady, de que a franquia estará enfrentando uma transição na posição de quarterback nos próximos três anos. Portanto, se os lados não encontrarem um ponto em comum, ou se as demandas de Brady forem consideradas excessivas, isso simplesmente aceleraria o processo de transição.

Quais times iriam atrás de Brady?

Os Raiders, que estão se mudando de Oakland para Las Vegas, estão prontos para colocar todas as suas fichas em Brady, de acordo com Adam Schefter, da ESPN. Os Chargers, que anunciaram segunda-feira que Philip Rivers não voltará, são outra possibilidade, potencialmente rivalizando com os Raiders pelo GOAT.

Enquanto alguns viam Miami como um possível pretendente graças ao espaço absurdo no teto salarial, o proprietário dos Dolphins, Stephen Ross, disse no Super Bowl LIV que não podia imaginar por que Brady estaria interessado, pois seus objetivos não pareciam estar alinhados. "Estamos tentando construir uma equipe para o futuro", afirmou Ross.