<
>

Brady, Brees e os outro oito quarterbacks que podem mudar o rumo da NFL em 2020

A temporada 2019 da NFL terminou, e as atenções já estão voltadas para o restante de 2020.

O mercado de free agents só começa para valer em 16 de março, mas são vários os nomes que prometem agitar os meses antes da próxima temporada.

Por isso, separamos dez quarterbacks que podem mudar totalmente o rumo da liga - liderados por duas lendas campeãs do esporte.

Tom Brady

Estatísticas de 2019: 24 TDs, 8 INTs e 60,8% de aproveitamento nos passes

Brady faz 43 anos em agosto, mas deixou claro que não está interessado em se aposentar. Seu contrato está anulado, tornando-o um agente livre, e seu acordo com o New England Patriots especifica que eles não podem usar a franchise tag nele. Obviamente, isso dá vantagem para Brady nas negociações com a única franquia para a qual ele já jogou, e o senso em torno dessa situação é que isso será importante.

Fontes dizem que Brady está ansioso para ser um agente livre e tudo o que vem com isso - ofertas de franquias e visitas. E os Patriots terão que fazer o mesmo. Embora ele saiba tudo o que há para saber sobre seu programa, sua cultura e como será sua vida cotidiana se ele assinar novamente com os Pats, Brady está saindo de uma temporada em que o seu ataque ficou em 23° em jardas por jogada, 26° em eficiência na red zone e 18° em jardas por tentativa. Ele precisa ouvir que o foco será melhorar o ataque.

É claro que existem maneiras de os Patriots fazerem isso, mas isso poderia tirá-los de sua zona de conforto financeira. Assinar com um wide receiver como AJ Green e tight end como Austin Hooper seria uma maneira de convencer Brady de que o ataque será mais explosivo em 2020, mas os Patriots não costumam participar de leilões no topo do mercado por jogadores. O dono da equipe, Robert Kraft, disse que quer Brady de volta, mas não ouvimos Bill Belichick falar sobre isso (e provavelmente não ouviremos).

Há também a questão do contrato de Brady, que ficou famoso em valor de mercado por grande parte de sua carreira, pois ele recebeu menos do que podia para ajudar a equipe a tomar outras decisões financeiras para manter o elenco equilibrado e competitivo. Os Patriots poderiam jogar um monte de dinheiro em Brady para tentar mantê-lo, mas algumas fontes próximas à situação disseram que isso não seria um fator decisivo. Brady já ganhou cerca de 235 milhões de dólares em salário em sua carreira, além de inúmeros dólares de patrocínio. Sua esposa, a modelo brasileira Gisele Bundchen, também não tem problemas com dinheiro - pelo menos foi o que ouvimos.

Para onde ele poderia ir?

Você precisa procurar uma equipe que esteja convencida de que está a um quarterback veterano de um título. Espera-se que o Los Angeles Chargers esteja no mercado, pois eles continuam a acreditar que têm um elenco forte apesar do fracasso de 2019 e estão claramente desesperados por uma sacudida no marketing enquanto trabalham para vender ingressos no novo estádio de Los Angeles. No entanto, há uma razão para se perguntar se isso é adequado: o treinador dos Chargers, Anthony Lynn, favoreceu a mudança de Rivers por um tempo em busca de uma opção mais móvel na posição de QB. Brady não é isso.

O Las Vegas Raiders também deve concorrer a Brady se ele optar pela agência livre. As projeções de vendas de ingressos em Las Vegas parecem robustas, mas o técnico do Raiders, Jon Gruden, acha que tem um elenco pronto para disputar, além de duas escolhas na primeira rodada para ajudar a melhorar ainda mais. Há muito se acredita nos círculos da liga que Gruden não está totalmente satisfeito com Derek Carr e que, se pudesse, faria uma mudança na posição.

Embora Brady não seja a resposta de longo prazo de qualquer equipe, ele poderia potencialmente ajudar os Raiders a impressionar nos primeiros anos em Las Vegas, enquanto continuam a procurar e/ou desenvolver um jovem quarterback para substituí-lo.

Outras possibilidades mais remotas incluem o Tennessee Titans, se eles concluírem que Ryan Tannehill não é o cara que eles querem pagar; o Indianapolis Colts, se eles decidirem que não podem confiar em Jacoby Brissett com um elenco forte e o Tampa Bay Buccaneers, caso não renovem com Jameis Winston.

No fim das contas...

A maioria dos membros da liga com quem conversamos acha que Brady jogará até o fim da carreira em New England, mas Las Vegas Raiders e Los Angeles Chargers são possibilidades.


Drew Brees

Estatísticas de 2019: 27 TDs, 4 INTs e 74,3% de aproveitamento nos passes

Brees acabou de completar 41 anos no mês passado e ganhou quase US$ 245 milhões em salário da NFL em sua carreira, e a questão aqui é se ele quer continuar jogando. Ele deixou bem claro que, se ele jogar novamente, será para o New Orleans Saints. Ele fez um acordo amigável com a equipe na agência livre há dois anos, em vez de testar o mercado, e a expectativa é que ele faça algo semelhante desta vez, se é isso que é preciso para ficar. Ele será um Saint até se aposentar, o que significa que a questão é quando será.

Há pessoas próximas a essa situação que dizem que ficariam surpresas se Brees não voltasse para outra temporada, pois ele sentiu, pelo menos nos últimos três anos, que os Saints têm um time que pode vencer o Super Bowl e ele ' gostaria de ganhar um segundo antes que tudo acabe'. Também existem pessoas próximas a essa situação que acreditam que Brees quer superar Brady, mesmo que ele não seja tão franco quanto Brady sobre suas técnicas de longevidade. Obviamente, as pessoas nessas categorias esperam que Brees assine novamente com os Saints, provavelmente em outro acordo amigável que permita que ele faça isso ano após ano e decida seu futuro com base na maneira como as coisas acontecem.

Mas no último Super Bowl, encontrei mais de uma pessoa convencida de que Brees estava pensando seriamente em se aposentar e pelo menos uma que estava convencida de que Brees já estava decidido. Duas semanas atrás, estávamos convencidos de que ele voltaria. Mas as conversas que tive em Miami me inclinaram para o outro lado.

Para onde ele poderia ir?

Se Brees for embora, os Saints ficarão com um dilema. Eles assinam novamente o reserva Teddy Bridgewater, que venceu cinco jogos enquanto Brees esteve machucado em 2019, e faz dele o titular? Eles fazem a transição para um ataque diferente com o multitalentoso Taysom Hill como titular? Ou eles vão atrás de um veterano como Rivers, Winston e Tannehill? Veteranos como Carr, Andy Dalton e Cam Newton podem ser negociados e também podem ser opções para uma equipe do Saints que acredita ter o time para vencer tudo, apesar de sua decepcionante saída dos playoffs na primeira rodada.

No fim das contas...

Isso é inteiramente de responsabilidade de Brees, que tem que decidir se tenta outra vez com o excelente time dos Saints ou se pendura as chuteiras. Não podemos descartar nenhuma das possibilidades neste momento.

Os outros quarterbacks

Dak Prescott

Estatísticas de 2019: Dallas Cowboys - 30 TDs, 11 INTs e 65,1% de aproveitamento nos passes

Para onde ele poderia ir? Deve ficar em Dallas, renovando o contrato ou recebendo a franchise tag.


Ryan Tannehill

Estatísticas de 2019: Tennessee Titans - 22 TDs, 6 INTs e 70,3% de aproveitamento nos passes (12 jogos)

Para onde ele poderia ir? Titans, Buccaneers, Chargers, Colts, Bears.


Jameis Winston

Estatísticas de 2019: Tampa Bay Buccaneers - 33 TDs, 30 INTs e 60,7% de aproveitamento nos passes

Para onde ele poderia ir? Buccaneers, Panthers, Colts, Chargers, Dolphins.


Philip Rivers

Estatísticas de 2019: Los Angeles Chargers - 23 TDs, 20 INTs e 66% de aproveitamento nos passes

Para onde ele poderia ir? Panthers, Colts, Buccaneers, Raiders, Patriots.


Cam Newton

Estatísticas de 2019: Carolina Panthers - 0 TD, 1 INT e 56,2% de aproveitamento nos passes (2 jogos)

Para onde ele poderia ir? Panthers, Bears, Dolphins, Chargers, Patriots.


Teddy Bridgewater

Estatísticas de 2019: New Orleans Saints - 9 TDs, 2 INTs e 67,9% de aproveitamento nos passes (9 jogos)

Para onde ele poderia ir? Saints, Bears, Colts, Chargers, Dolphins.


Marcus Mariota

Estatísticas de 2019: Tennessee Titans - 7 TDs, 2 INTs e 59,4% de aproveitamento nos passes (7 jogos)

Para onde ele poderia ir? Titans, Raiders, Bears, Chargers, Patriots.


Andy Dalton

Estatísticas de 2019: Cincinnati Bengals - 16 TDs, 14 INTs e 59,5% de aproveitamento nos passes (13 jogos)

Para onde ele poderia ir? Bengals, Bears, Chargers, Panthers, Patriots.