<
>

Ex-NFL repete Kobe e se torna 2º atleta profissional a vencer Oscar: 'Que nosso segundo ato seja tão bom quanto o dele'

Um ex-jogador da NFL seguiu os passos de Kobe Bryant e se tornou, na noite de domingo, o segundo atleta profissional a vencer um Oscar.

Matthew A. Cherry, de 38 anos, foi estrela no futebol americano da Universidade de Akron e se tornou profissional em 2004. Ele nunca entrou em campo na NFL, mas passou por Jacksonville Jaguars, Cincinnati Bengals, Carolina Panthers e Baltimore Ravens até que, em 2007, se mudou para Los Angeles em busca do sonho de trabalhar em Hollywood.

E no Oscar de 2020, Cherry levou a estatueta de Melhor Curta Animado por 'Hair Love', um filme de sete minutos que mostra um pai negro tentando aprender a cuidar dos cabelos crespos da filha Zuri. A produção é baseada no livro de mesmo nome escrito pelo próprio Cherry (assista abaixo). E 2018, Kobe venceu a mesma categoria por 'Dear Basketball', sua 'carta' de adeus ao basquete no momento de sua aposentadoria da NBA.

O mais curioso é que Cherry fez 'previsões no Twitter duas vezes. Em 2012, ele escreveu: 'Vou ser indicado ao Oscar um dia. Já estou dizendo'.

Em 2016, já com a ideia do filme estabelecida, Cherry usou sua conta na rede social mais uma vez: "Algum artista 3D me segue? Tenho uma ideia para um curta que vale Oscar baseada nesta imagem. Me chame."

Durante seu discurso no evento de domingo, ele falou sobre a motivação para produzir o filme e ainda dedicou a estatueta para Kobe.

"Hair Love foi feito porque queríamos ver mais representação na animação, queríamos normalizar o cabelo negro. Este prêmio é dedicado a Kobe Bryant. Que tenhamos um segundo ato tão bom quando o que ele teve", completou Cherry.