<
>

NFL: com Seahawks, Vikings e Titans de olho, conheça as maiores zebras da história a chegar no Super Bowl

play
Falta? Lance decisivo de Saints x Vikings nos playoffs da NFL deveria ter sido anulado, diz especialista (0:49)

John Parry, árbitro da NFL por 19 anos e com três Super Bowls no currículo, acredita que houve interferência ofensiva (0:49)

É difícil prever qualquer coisa quando o assunto é playoffs da NFL. Não é raro vermos algumas zebras, ou melhor, 'underdogs' chegarem ao ápice do futebol americano – o Super Bowl.

Com a primeira rodada da pós-temporada de 2019 na história, Seattle Seahawks, Tennessee Titans, Minnesota Vikings e Houston Texans avançaram para o round divisional e encaram os times que folgaram na primeira semana.

Tirando os Texans, que foram campeões de sua divisão, as outras três franquias que avançaram são wild cards, ou seja, se classificaram aos playoffs na 'repescagem', com as seeds cinco ou seis.

Pensando nisso, o torcedor tem alguns times para se inspirar e acreditar que essas franquias possam chegar à decisão da NFL, e o ESPN.com.br separou uma lista com os piores times (em classificação) a jogarem o Super Bowl.

Mas antes...

Vale explicar, antes de irmos para a lista, como o critério de classificação para os playoffs mudou com os anos.

A partir de 1970, quando a AFL e a NFL se fundiram, oito times iam para a pós-temporada – os campeões de divisão, que eram três (East, West e Central), e um wild card.

Mais tarde, em 1978, dez times se classificavam com um wild card a mais em cada conferência. A última mudança na quantidade de times foi em 1990, passando para 12.

No entanto, antes de 2002, três de cada conferência eram wild card. Mas com a entrada dos Texans na liga na última expansão, mais uma divisão apareceu em ambas conferências, sendo East, West, North e South. Desta forma, em vez de três wild cards passando, seriam apenas dois.

Agora sim, à lista:

Green Bay Packers - 2010/11

Campeão - Super Bowl XLV - Seed 6#

O último time de wild card classificado para os playoffs foi campeão.

Os Packers de Aaron Rodgers, Clay Matthews e Jordy Nelson foi o primeiro time da história da NFC a chegar à decisão tendo se classificado na última seed.

No Super Bowl XLV, disputado no Cowboys Stadium, no Texas, a franquia de Green Bay bateu o Pittsburgh Steelers por 31 a 25 e conquistou o título pela quarta vez na sua história – o primeiro (e único até agora) de A-Rod.

No caminho até o título, os Packers bateram Eagles, Falcons (melhores classificados da NFC) e Bears antes de enfrentar os Steelers.

New York Giants - 2007/08

Campeão - Super Bowl XLII - Seed 5#

Os Giants também foram campeões, mas não se classificaram na última posição da NFC – pegaram a seed 5, na frente dos rivais de divisão Redskins.

Histórias incríveis cercaram essa campanha de zebra da franquia azul de Nova Iorque, mas a melhor delas veio no Super Bowl.

Os Patriots chegaram ao Super Bowl XLII invictos e, se vencessem, seriam o primeiro da história moderna da liga (com 16 jogos de temporada regular) a não perderem um jogo sequer. Assim, eram plenos favoritos a baterem os Giants.

No entanto, Eli Manning comandou o time numa vitória sofrida por 17 a 14, no Arizona, com direito a uma das jogadas mais icônicas do esporte, quando David Tyree fez uma recepção com o capacete e manteve os Giants vivos no jogo.

Antes dos Patriots, os Giants bateram Buccaneers, Cowboys (#1) e Packers.

Pittsburgh Steelers - 2005/06

Campeão - Super Bowl XL - Seed 6#

Outro campeão. Dessa vez, o primeiro da história a ter conquistado o título se classificando como pior da conferência (e o quarto sendo wild card).

Os Steelers de Big Ben, Troy Polamalu, Jerome Bettis e Hines Ward chegaram ao SB XL com campanha de 11-5 na temporada regular e bateram os Seahawks, no Ford Field, em Detroit por 21 a 10.

Há quem diga que a franquia de Seattle foi injustiçada naquele jogo, por chamadas controversas da arbitragem, como no touchdown lançado para Hasselbeck anulado por falta ou na corrida de Big Ben em outro TD, na qual este não parecia ter cruzado a linha da endzone.

Fato é que os Steelers fizeram história naquele dia.

Eles passaram por Bengals, Colts (#1) e Broncos até chegarem na final.

New England Patriots - 1985/86

Vice-campeão - Super Bowl XX - Seed 5#

Os Patriots são o primeiro time dessa lista que não se sagrou campeão.

Antes da dinastia Brady-Belichick, New England havia chegado duas vezes no Super Bowl, a primeira delas em 86, no SB XX, no Lousiana Superdome, quando foram derrotados pelo Chicago Bears no segundo maior massacre da história da decisão: 46 a 10 (o primeiro foi em 1990: 49ers 55 x 10 Broncos).

Mesmo com a quinta seed, os Patriots foram os últimos da AFC, pois, como explicado acima, as regras de classificação eram diferentes.

Até a derrota, o caminho de New England nos playoffs foi: Jets, Raiders (#1) e Dolphins.

Oakland Raiders - 1980/81

Campeão - Super Bowl XV - Seed 4#

Essa foi a primeira vez na história que um time wild card venceu o título da NFL. Os Raiders foram os penúltimos classificados da AFC, na frente dos Oilers.

Liderado por Jim Plunkett, quarterback MVP da partida, o Oakland Raiders chegou ao Superdome e bateu o Philadelphia Eagles por 27 a 10 no Super Bowl XV.

Esse foi o segundo título da história da franquia, também o segundo da era Al Davis, que foi general manager da franquia entre 1966 e 2011, quando faleceu.

Além de Plunkett, quem merece destaque pela partida é o linebacker de Oakland Rod Martin, que deixou o campo com três interceptações e o recorde do Super Bowl no quesito.

Oilers, Browns e Chargers foram derrotados no caminho ao SB.

Dallas Cowboys - 1975/76

Vice-campeão - Super Bowl X - Seed 4#

Fechando a lista, outro vice-campeão: o Dallas Cowboys de 1975.

Na época, apenas oito times iam aos playoffs, um wild card de cada conferência, além dos três campeões de divisão. Dallas era o wild card da NFC, ou seja, seed 4.

O Super Bowl X foi o primeiro a contar com duas equipes que já haviam conquistado um título, pelo menos. Os Steelers haviam conquistado o título do ano anterior e os Cowboys venceram o SB VI.

Não deu zebra na decisão. Steelers 21 x 17 Cowboys.

Foi a terceira aparição dos Cowboys de Roger Staubach no Super Bowl, segunda derrota.

No caminho, bateram Vikings e Rams (apenas dois jogos antes da final, pois não existia rodada de wild card).

Vale citar:

Mais alguns times foram wild card e chegaram no Super Bowl, mas não entraram na lista porque não estavam entre os dois piores classificados de alguma das conferências – na época anterior às quatro divisões em NFC e AFC, mas quando 12 times já se classificavam para os playoffs (três wild cards).

São eles: Baltimore Ravens 2000/01 - campeão; Tennessee Titans1999/00 - vice; Denver Broncos 1997/98 - campeão e Buffalo Bills 1992/93 - vice.