<
>

NFL: Jogador dos Seahawks que machucou Carson Wentz revela ameaças de morte: 'Vá para a prisão'

Jadeveon Clowney, defensive end do Seattle Seahawks que estava envolvido no lance que machucou Carson Wentz, quarterback do Philadelphia Eagles, no duelo de playoffs do último domingo na NFL, revelou receber ameaças de morte da torcida dos Eagles.

Clowney bateu o seu capacete na parte de trás do capacete de Wentz ainda no primeiro quarto da partida vencida pelos Seahawks. O QB dos Eagles teve que deixar o duelo, foi examinado nos vestiários para ver se estava com sintomas de concussão e não foi permitido a retornar.

Wentz, candidato a MVP da NFL em 2017 até machucar os ligamentos do joelho, o que evitou que ele participasse do resto da campanha do título dos Eagles, fazia sua estreia nos playoffs da NFL.

"Eles (torcedores) estão me detonando. Me dizendo 'Vai para o inferno! Morra! Vá para a prisão, você e sua família'", disse Clowney, segundo o jornal "The News Tribune".

No ano passado, Clowney foi multado pela NFL por atingir o peito de Wentz com a grade de seu capacete.

No lance de domingo, a NFL não marcou falta e não puniu Clowney.