<
>

NFL: Rihanna confirma que rejeitou show do Super Bowl em apoio a Colin Kaepernick

O que era especulação foi confirmado nesta quarta-feira. Em entrevista para a revista Vogue a cantora Rihanna declarou que rejeitou se apresentar no show do intervalo do Super Bowl 53 em solidariedade à Colin Kaepernick.

"Não podia ameaçar fazer isso", disse. "Para que? Quem ganha com isso? Meu povo é que não. Não poderia ser uma 'vendida', uma facilitadora. Existem coisas naquela organização que eu não chego nem perto de concordar e eu não cederia meus serviços para a NFL".

Kaepernick não participa de uma partida da NFL desde 2016, quando começou a protestar durante o hino nacional contra a brutalidade policial contra os negros nos Estados Unidos.

O Super Bowl 53 foi disputado entre New England Patriots e Los Angeles Rams em 3 de fevereiro deste ano e vencido pela franquia de Boston. O show acabou ficando sob responsabilidade do Maroon 5 e também contou com participações de Travis Scott e Big Boi.