<
>

NFL: Peido na cara, risada e calote de quase R$ 50 mil: médico revela mais uma polêmica de Antonio Brown

play
Quarterback dos Browns fica surpreso e sem resposta após ouvir que Odell 'não é dinâmico' (0:18)

Baker Mayfield e Odell Beckham Jr. venceram o New York Jets na última segunda por 23 a 3 (0:18)

Após uma queixa civil apresentada no tribunal distrital dos EUA alegando que Antonio Brown agrediu sexualmente Britney Taylor, uma ginasta que ele conheceu na Universidade de Michigan, o wide reciever do New England Patriots teve mais uma de suas histórias reveladas.

Dessa vez por Viktor Prisk, um médico e ex-fisiculturista que dirige a clínica Orthopaedics and Wellness nos arredores de Pittsburgh. Ele relevou que o atleta, durante uma visita em seu consultório, peidou repetidamente em seu rosto e riu durante a consulta.

Antonio Brown ainda chegou três horas atrasado para a consulta e nunca pagou o que o médico havia cobrado (R$ 47 mil). Ele entrou com uma ação pedindo indenização pela fatura não paga.

O site TMZ obteve imagens da visita que aconteceu em agosto de 2018, onde Brown pôde ser visto rindo enquanto o Dr. Prisk testava sua gordura corporal. “Pareceu-me muito infantil. Sou médico e esse homem está peidando na minha cara.”

Todas as acusações contra o jogador não impediram Brown de estrear no domingo pelos Patriots contra o Miami Dolphins. No jogo ele recebeu quatro passes e correu para um touchdown de 20 jardas na vitória por 43 a 0.

A liga estava considerando deixar Brown impedido de atuar enquanto as investigações de agressão sexual corriam, mas resolveram deixar de lado, entendendo que as acusações não eram criminosas.