<
>

Mahomes 'ridículo' mais uma vez e Patriots em busca da temporada perfeita: os destaques e as bizarrices da semana 2 da NFL

play
Paulo Antunes diz que 'comparar time atual dos Dolphins com 2007 é ofensa para 2007' e arranca risos de Curti (0:51)

Em 2007, Dolphins venceram apenas um dos 16 jogos da temporada regular da NFL (0:51)

A semana 2 da NFL chegou ao fim, e muita coisa aconteceu na rodada.

O New England Patriots segue passando por cima de seus rivais (perdão, Miami Dolphins), Patrick Mahomes e Lamar Jackson não param de impressionar e Odell Beckham Jr. mostrou que ainda manda em Nova York.

Se você perdeu alguma coisa da liga nos últimos dias, não precisa se preocupar. Aqui vai nosso resumão!

Os Dolphins... não são bons

O New England Patriots foi até a Flórida como o grande favorito para o jogo contra o Miami Dolphins, mas o que aconteceu em seguida foi um desastre para os donos da casa.

Tom Brady lançou para 264 jardas e dois touchdowns, um deles para o estreante Antonio Brown, e os Patriots venceram por 47 a 0!

Os Dolphins sofreram 102 pontos somados nas duas primeiras partidas e igualaram a pior marca de todos os tempos da liga. E pensar que eles só marcaram 10...


15 minutos surreais de Mahomes

Patrick Mahomes não para de nos impressionar. O quarterback do Kansas City Chiefs teve um segundo quarto inesquecível na vitória por 28 a 10 sobre o Oakland Raiders.

Foram 12 passes certos em 17 tentados, 278 jardas e quatro touchdowns... SÓ no 2º período do jogo.

De quebra, ele igualou o lendário Joe Montana com oito partidas de pelo menos quatro passes para touchdown. A diferença é que Montana precisou de 192 jogos para alcançar a marca... e Mahomes, só 19.


O dono de Nova York

O Cleveland Browns passou por cima do New York Jets no Monday Night Football: 23 a 3. E o nome do jogo, claro, foi um ex-wide receiver do New York Giants, Odell Beckham Jr.

De volta ao MetLife Stadium, ele agarrou um passe com apenas uma mão e ainda conseguiu a recepção para touchdown mais longa de sua carreira: 89 jardas.

Para os Jets, as notícias só pioram. Sem o quarterback titular Sam Darnold, Trevor Siemian assumiu a função. E ele só teve tempo para tentar seis passes antes de sofrer uma lesão assustadora.


Nada mal para um quarterback...

Lamar Jackson, você é RIDÍCULO!

O quarterback do Baltimore Ravens não correu com a bola na semana 1, mas mostrou o que pode fazer com as pernas na semana 2. No 23 a 17 contra o Arizona Cardinals, foram 272 jardas e dois touchdowns com passes... e 120 jardas com corridas.

Por enquanto, ele tem números assustadores em sua segunda temporada: 596 jardas aéreas, 126 terrestres, sete touchdowns, nenhum turnover e, claro, duas vitórias em dois jogos. Nada mal, Lamar...


O pesadelo no jogo da 'vingança'

O New Orleans Saints perdeu para o Los Angeles Rams na decisão da NFC de 2018 com um erro da arbitragem que causou até mudança de regra na liga. Mas nada deu certo na revanche.

Os Saints perderam o jogo por 27 a 9 e ainda ficaram sem o quarterback Drew Brees, que rompeu um ligamento no dedo da mão direita e será afastado por pelo menos seis semanas.

Já os Rams seguem invictos e empolgando com a dupla Jared Goff e Cooper Kupp. O wide receiver, inclusive, fez uma das grandes jogadas da temporada (veja acima!).

E no fim, mais uma polêmica com a arbitragem... Cameron Jordan forçou um fumble de Goff e conseguiu um retorno para touchdown quando o placar ainda mostrava um 3 a 3. Mas os árbitros pararam o lance, anularam o TD e revoltaram os fãs dos Saints mais uma vez.


Os Bears têm um kicker!

Chicago estava em pânico: desde a derrota para o Philadelphia Eagles nos playoffs de 2018 com o eterno double-doink de Cody Parkey, os Bears estão em busca de um kicker.

E contra o Denver Broncos, Eddy Piñeiro mostrou que eles encontraram! Perdendo por um ponto e com um segundo para o fim, ele foi para o chute de 53 jardas e deu a vitória para os Bears!

E se Chicago já tem seu novo kicker, o time também tem um velocista. Cordarrelle Patterson alcançou 35,7 km/h durante uma corrida no 3º quarto do jogo, a maior marca de toda a NFL nos últimos dois anos!


Tá pegando fogo, bicho

O duelo entre Tennessee Titans e Indianapolis Colts começou pegando fogo. E não é brincadeira, não!

Quando a bola voou, apesar da vitória dos Colts por 19 a 17, foi um jogador dos Titans que mais teve motivos para comemorar. David Quessenberry, da linha ofensiva de Tennessee, ficou três anos afastado da liga para tratar um câncer. Seu retorno foi exatamente neste domingo, e ele ainda recebeu um passe para touchdown!


Treta na TL!

As coisas não estão funcionado para o Jacksonville Jaguars. O time foi derrotado pelo Houston Texans por 13 a 12, e o jogo ficou marcado pela discussão entre o cornerback Jalen Ramsey e o treinador principal dos Jaguars Doug Marrone!

Um dia depois, irritado, Ramsey ainda oficializou seu pedido para ser trocado pelo time...


Julio Jones é imparável

O Atlanta Falcons venceu o Philadelphia Eagles por 24 a 20 graças a Julio Jones.

O wide receiver passou por cima da defesa em um touchdown de 54 jardas com pouco mais de dois minutos para o fim do jogo. Para completar a noite de Jones, ele chegou a 10.868 jardas na carreira e se tornou o líder histórico dos Falcons na estatística!


Nada dá certo para os Giants... mesmo!

É difícil ser um torcedor do New York Giants.

Contra o Buffalo Bills, nada deu certo... de novo. Eli Manning lançou para 250 jardas e um touchdown, mas foi interceptado duas vezes. Saquon Barkley, grande estrela do time, correu para um TD. Mas nada disso bastou, e os Giants perderam por 28 a 14 em casa.

E as mudanças já começaram: o quarterback calouro Daniel Jones será titular já na semana 3!


Temos um monstro

DK Metcalf assombrou a NFL nos treinamentos antes do Draft de 2019. E na vitória do Seattle Seahawks sobre o Pittsburgh Steelers por 28 a 26, o wide receiver calouro teve 61 jardas e ainda recebeu seu primeiro touchdown.

Prepare-se, um monstro está chegando!