<
>

Patriots vão vencer todos os jogos da temporada da NFL? Os motivos para acreditar... e para duvidar

A vitória dominante do New England Patriots na abertura da temporada da NFL contra o Pittsburgh Steelers e o massacre sobre o Miami Dolphins provocaram um contraste de "sonho" contra "realidade".

O sonhador pode agora se perguntar se uma campanha de 16 vitórias e nenhuma derrota é uma possibilidade legítima. O realista sabe que é cedo e muita coisa pode mudar ao longo de uma temporada da NFL.

É um vai e vem divertido, admitimos.

Sonho: um bom início, que tem sido uma luta nos últimos anos, é um forte potencial. O Football Power Index da ESPN oferece aos Patriots pelo menos 70% de chances de vencer cada um dos próximos seis jogos - contra, New York Jets (sem Sam Darnold), Buffalo Bills, Washington Redskins, New York Giants, Jets de novo e Cleveland Browns.

Realidade: a parte difícil da tabela vem justamente após esses jogos, quando os Patriots viajam para jogar contra Ravens e Eagles, seguidos de um encontro em casa contra os Cowboys, Texans fora de casa e Chiefs em casa.

Sonho: a diversidade e o talento das armas que Brady tem são tão fortes quanto as daquele time de 2007... quando foram 16-0.

Realidade: como podemos ter essa discussão quando os Patriots têm preocupações significativas na linha ofensiva? Eles já perderam o center David Andrews por toda a temporada e, com o right tackle Marcus Cannon (ombro) potencialmente afastado por alguns jogos, a profundidade do elenco já está rasa.

Sonho: Tom Brady, aos 42 anos, parece melhor que nunca. Seus passes longos no domingo lembraram aquelas dos tempos de Randy Moss.

Realidade: mas não se esqueça de protegê-lo. As preocupações da linha ofensiva - que também remontam à primavera com Jared Veldheer se aposentando e incluem a aposentadoria de Brian Schwenke e o RT da terceira rodada Yodny Cajuste abrindo a temporada na lista dos lesionados - são significativas. Além disso, o corpo de tight ends na era pós-Gronk continua sendo uma dúvida.

Sonho: a defesa parece ter o potencial de ser uma das melhores nos 20 anos de Bill Belichick como treinador. Kyle Van Noy não foi titular, e os reservas jogaram muito bem. Devin McCourty disse, recentemente, que os Patriots têm reservas que seriam titulares em muitos times.

Realidade: embora Belichick tenha muita, a comissão técnica responsável pela defesa ainda tem pouca experiência. Não se deixe levar por um jogo.

Sonho: e agora Antonio Brown estará dentro de campo...

Realidade: e agora Antonio Brown estará fora de campo...

Sonho: que outro time da NFL realmente chegou ao ponto de que você apostaria que eles venceriam os Patriots?

Realidade: os Patriots nem sequer jogaram um jogo fora de casa, onde terminaram 3-5 na última temporada. Além disso, você faz parecer que jogos em Baltimore, Philadelphia e Houston são vitórias certas. De jeito nenhum.

Sonho: os Patriots são imbatíveis em casa, tendo vencido 14 jogos seguidos no Gillette Stadium (mais do que o dobro da segunda sequência mais longa).

Realidade: isso não significa nada quando, em 8 de dezembro, Patrick Mahomes e os Chiefs - que quase foram ao Super Bowl na última temporada - vierem à cidade.

Sonho: Josh Gordon esteve ótimo em seu retorno, com três recepções para 73 jardas e um touchdown.

Realidade: enquanto Gordon tem muitas pessoas torcendo por ele, seus problemas com substâncias proibidas não podem ser esquecidos. Ele precisa continuar se provando.

Sonho: não há uma viagem mais longa do que a ida para Houston.

Realidade: mas sempre há um jogo imprevisível, como o "Miami Miracle" da última temporada. Quem achou que os Patriots perderiam esse jogo?

Sonho: não existe alguém como Bill Belichick.

Realidade: é o que é.

Sonho: com algumas das mais fortes lideranças de vestiários que eles tiveram, os jogadores não se deixam levar pelo hype.

Realidade: On to Miami. (tradução: Vamos para Miami)