<
>

Patriots colocam medo, Mahomes brinca e Browns decepcionam: o melhor (e pior) da semana 1 da NFL

Depois de meses de espera, a NFL voltou, e a semana 1 da temporada 2019 já empolgou!

O New England Patriots mostrou sua força e passou por cima do Pittsburgh Steelers. Lamar Jackson, do Baltimore Ravens, e Dak Prescott, do Dallas Cowboys, fizeram jogos 'perfeitos', e dois grandes duelos fecharam a rodada no Monday Night Football: os Saints venceram os Texans no fim, e os Raiders deixaram Antonio Brown para trás e bateram os Broncos.

Para você seguir por dentro de tudo que acontece na liga, o ESPN.com.br montou o resumo da semana 1. Confira!

Os Patriots são assustadores

Josh Gordon está de volta, e os Patriots... bom, os Patriots seguem colocando medo em toda a NFL. E durante a vitória por 33 a 3 sobre os Steelers, B.J. Finney, de Pittsburgh, ficou literalmente sem reação...

E a força dos Patriots pode muito bem ter vindo do universo dos super-heróis. Pelo menos foi o que Michael Bennett mostrou... Wakanda Forever! E não vamos esquecer: Antonio Brown está chegando.


Mahomes segue brincando - com os rivais e com nossos corações

Patrick Mahomes foi o MVP da NFL em 2018 e, como era de se esperar, precisou de poucos minutos para impressionar em 2019.

Foram 378 jardas e três touchdowns na vitória do Kansas City Chiefs sobre o Jacksonville Jaguars por 40 a 26. E, claro, Mahomes já arriscou aquele passe sem olhar...


'Nada mal para um running back'

Falando em quarterbacks que brilharam na semana 1, não podemos esquecer de Lamar Jackson.

O Baltimore Ravens passou o trator sobre o Miami Dolphins, 59 a 10, com 324 jardas e cinco touchdowns do camisa 8 - destaque para os dois passes conectados com Marquise 'Hollywood' Brown (primo do Antonio!).

Depois do 'jogo perfeito', Lamar Jackson não deixou barato para os críticos e deu uma resposta cheia de ironia durante a entrevista coletiva.

E se o torcedor dos Dolphins quer ficar feliz de alguma forma, pode dar parabéns para Ryan Fitzpatrick, que se tornou o primeiro quarterback a lançar touchdowns atuando por oito times diferentes - claro, se isso for mesmo um motivo para comemoração...


Um recado para Antonio Brown. Assinado: Raiders

Antonio Brown brigou, reclamou e, no fim, conseguiu deixar os Raiders. E o wide receiver, agora dos Patriots, foi tratado de forma... pouco agradável pela torcida de Oakland.

No final das contas, mesmo sem o camisa 84, os Raiders começaram bem a temporada e bateram o Denver Broncos por 24 a 16.


Enquanto isso, em Cleveland

Todos os olhos da NFL estavam voltados para Cleveland na tarde de domingo, mas os Browns esqueceram de nos lembrar que eles não vencem seus jogos de abertura: de 2005 para cá, são 14 derrotas e um empate.

O quarterback Baker Mayfield foi que mais sofreu na derrota por 43 a 13 para o Tennessee Titans. Foram três interceptações e, em uma delas, o cornerback Logan Ryan provocou e fez o famoso chalk toss de LeBron James.

Outro destaque dos Titans na vitória foi o brasileiro Cairo Santos. Em sua estreia no time, o kicker teve um jogo perfeito: dois field goals e cinco extra points convertidos.


Os Saints sobrevivem à insanidade

O primeiro jogo do Monday Night Football terminou de forma bizarra. Foi, literalmente, insano!

Os Saints abriram seis pontos de vantagem com 50 segundos para o fim, levaram a virada dos Texans com 37 segundos restando e, com o cronômetro zerando, Wil Lutz acertou um field goal de 58 jardas e garantiu a vitória de New Orleans por 30 a 28.


A homenagem

O tight end Vernon Davis passou por cima da marcação e fez um touchdown de 48 jardas pelo Washington Redskins contra o Philadelphia Eagles.

Mas a reação do jogador de 35 anos foi o que mais chamou atenção. Ele não segurou as lágrimas e foi para os braços dos colegas de time. O motivo? O avô de Davis, que era visto por ele como um pai, faleceu no sábado. Homenagem justa e emocionante ttw- apesar da derrota dos Redskins.


A lenda de Kyler Murray

Kyler Murray foi a 1ª escolha do Draft de 2019 da NFL, e sua estreia com o Arizona Cardinals não era nada boa. Mas depois de estar perdendo por 24 a 6 para o Detroit Lions, ele entrou em ação.

Foram 308 jardas e dois touchdowns para Murray, que liderou os Cardinals até a prorrogação! No fim, ele não conseguiu a virada, mas evitou a derrota: 27 a 27 e o primeiro empate da temporada.


Zeke voltou... com fome

Ezekiel Elliott ficou longe do Dallas Cowboys por boa parte da offseason. Em greve enquanto negociava seu novo contrato, ele não treinou com o time para a temporada.

Mas dias depois de receber uma renovação de R$ 375 milhões, Zeke mostrou que está em forma e estreou com um touchdown e 53 jardas na vitória sobre o New York Giants.


O (frustrado) retorno de Le'Veon Bell

Le'Veon Bell não entrou em acordo com os Steelers em 2018 e ficou fora de toda a temporada passada. Agora com o New York Jets, ele voltou a atuar depois de 603 dias!

Bell foi bem, teve 92 jardas entre corridas e passes recebidos e anotou seu primeiro touchdown - além de uma conversão para dois pontos. Mas a vitória dos Jets, que parecia tranquila, escapou quando Josh Allen liderou a virada do Buffalo Bills por 17 a 16.