<
>

Tom Brady assina extensão de contrato com New England Patriots

Um dia depois de completar 42 anos, Tom Brady chegou a um acordo com o New England Patriots e assinou uma extensão contratual, firmando contrato até 2021.

Com o novo contrato, o quarterback dos Patriots ganhará US$ 23 milhões (R$ 89,50 milhões) nesta temporada, US$ 8 milhões (R$ 31,13 milhões) a mais do que ganharia naquele que seria seu último ano de vínculo.

O repórter Ian Rapoport, da NFL Network, informou que o total do acordo é de US$ 70 milhões (R$ 272,40 milhões), com salários de US$ 30 milhões (R$ 116,75 milhões) em 2020, e US$ 32 milhões (R$ 124,53 milhões) em 2021.

Adam Schefter, da ESPN, destaca que o acerto, apesar de ser por três temporadas, pode ser encarado como de apenas um ano, já que será revisto anualmente.

O valor fará de Tom Brady o sexto mais bem pago quarterback da NFL, empatando com Drew Brees, do New Orleans Saints. O topo da lista neste momento é de Russell Wilson, que assinou por quatro anos e US$ 140 milhões (R$ 544,81 milhões) nos últimos meses, garantindo uma média de US$ 35 milhões (R$ 136,20 milhões) por temporada.