<
>

Campeão do Super Bowl recupera anéis perdidos com ajuda de famosa casa de penhores da TV

Famosa pela série “Trato Feito”, a loja de penhores Gold & Silver Pawn, em Las Vegas, ajudou o ex-jogador Mark May a recuperar seus anéis de campeão do Super Bowl, conquistados com o Washington Redskins.

May, que foi jogador de linha ofensiva e ex-comentarista da ESPN, usou os anéis referentes às conquistas das edições XVII e XXII do Super Bowl em um evento beneficente em Scottsdale, em fevereiro, mas acabou esquecendo-os no cofre do hotel que estava hospedado, em Tempe, no Arizona.

Os itens, bem como relógios que também foram deixados no local, foram encontrados por funcionários do hotel e acabaram nas mãos de Marcel Behnert. Behnert teria pedido US$ 12 mil (R$ 45,14 mil) pelos dois anéis, o que chamou atenção dos funcionários da loja.

“Eu perguntei ao corretor quanto ele estava pedindo e ele me disse o valor. Minha primeira reação foi perguntar se era por cada um e ele disse que era por ambos”, disse Andy Zimmerman, diretor na loja, em entrevista à ABC 15.

Para comparação, um anel da conquista de 2006 do Indianapolis Colts , que pertenceu a Monta Reagor, está à venda na mesma loja por US$ 80 mil (R$ 300,94 mil), enquanto o da conquista da AFC dos Broncos em 1989, de Greg Kagan, custa US$ 60 mil (R$ 225,70 mil).

“Considerando o que ele estava pedindo, pensei que não era um bom sinal. Então disse para meu corretor voltar e fazer uma contraproposta e ver o que acontecia. Oferecemos menos e ele aceitou, o que me fez realmente acreditar que tinha um problema”, contou Zimmerman.

A loja conseguiu contato com May e confirmou que ele não estava ciente da venda. Behnert foi preso no dia seguinte, quando retornou para fechar a venda dos anéis e uma busca da polícia em seu apartamento também localizou os relógios que pertencem ao ex-jogador.