<
>

Jogadores dos 49ers surpreendem e revelam que não sabiam regras da NFL para prorrogação no Super Bowl

No último domingo (11), Patrick Mahomes e o Kansas City Chiefs aproveitaram as novas regras de prorrogação de pós-temporada da NFL para vencerem o San Francisco 49ers no Super Bowl LVIII, em Las Vegas.

Nas entrevistas pós-jogo, atletas e treinadores dos Chiefs afirmaram que prepararam diferentes estratégias para o caso da partida ir para a prorrogação. Por outro lado, vários jogadores dos 49ers admitiram que sequer sabiam as regras do tempo extra.

"Eu não sabia nada sobre a nova regras de prorrogação dos playoffs, então foi tudo uma grande surpresa para mim", disse o defensive lineman Arik Armstead.

"Para falar a verdade, eu não fazia a menor ideia do que estava acontecendo", acrescentou.

A partida do último domingo foi apenas o de 58 Super Bowls a irem para a prorrogação.

Foi a 1ª vez, porém, que o tempo extra aconteceu já com as novas regras da NFL, que dizem que os dois times terão direito a uma posse de bola antes do final da partida, a não ser que a primeira corrida da prorrogação termine com um safety.

A regulação é totalmente diferente do que ocorre na temporada regular, quando a partida automaticamente acaba na prorrogação quando um time marca um touchdown.

No domingo, os 49ers ganharam o sorteio na moeda e escolheram começar com a bola no tempo extra. A jogada teve 13 atos, mas não chegou à endzone, terminando com a conversão de um field goal de 27 jardas pelo kicker Jake Moody.

Com isso, Mahomes e sua trupe conseguiram reagir e "mataram" a partida a 3 segundos do fim com um touchdown, com o quarterback achando Mecole Hardman no "apagar das luzes" para dar a vitória por 25 a 22 para Kansas City.

Em entrevista coletiva, o técnico de San Francisco, Kyle Shanahan, garantiu que ele e sua comissão discutiram os termos de uma possível prorrogação com a equipe antes do Super Bowl.

No entanto, Armstead e o fullback Kyle Juszczyk negaram e disseram que os atletas não foram preparados para isso.

"Posso falar a verdade? Eu nem sabia que as regras dos playoffs eram diferentes na prorrogação", disparou Juszczyk.

"Eu pensei que o time ia querer a bola para tentar um touchdown e a vitória. Mas depois vi que não era bem assim. Não sei realmente qual foi a estratégia (traçada pela comissão técnica). A gente não tinha conversado sobre isso (prorrogação)", complementou.

Armstead, inclusive, afirmou que só se deu conta que as regras seriam diferentes quando viu um anúncio sobre o tema no placar do Allegiant Stadium, onde a partida foi disputada.

"Eles colocaram as regras no placar, e foi aí que pensamos: 'Opa, mesmo se a fizemos os pontos, eles ainda terão a chance de conseguir a reação'", contou.

Do lado dos Chiefs, o defensive lineman Chris Jones ressaltou que a comissão técnica campeã falou diversas vezes sobre as mudanças no tempo extra para os playoffs.

"Nós conversamos sobre isso durante umas duas semanas", relatou.

O safety Justin Reid pontuou que os jogadores foram informados sobre isso ainda na pré-temporada.

"Nós conversamos ainda no training camp sobre como as regras seriam diferentes da temporada regular para os playoffs. E a cada partida dos playoffs, a gente voltava a falar sobre as regras de prorrogação", observou.