<
>

O Guia do Draft da NFL: principais jogadores, necessidades dos times e tudo que você precisa saber sobre o evento

play
Semana NFL: Os 5 melhores jogadores do Draft 2022 (6:36)

VEJA tudo da NFL ao vivo pela ESPN no Star+ (6:36)

Futuras estrelas da NFL do futebol americano serão conhecidas nesta quinta-feira


Os canais ESPN e ESPN App transmitem o evento ao vivo e com exclusividade. Na quinta-feira, às 21h, acontece a primeira rodada do Draft, com transmissão pela ESPN no Star+.

E o ESPN.com.br, que fará cobertura em tempo real do evento, preparou um guia sobre o Draft de 2022 da NFL, com todas as respostas às perguntas que você provavelmente deve estar fazendo.

*Conteúdo patrocinado por Claro, Mitsubishi, Samsung, C6 Bank e Magazine Luiza

A Ordem | Os Principais Nomes | Necessidades dos Times

Onde acontece o Draft?

O evento irá acontecer em Las Vegas pela primeira vez em sua história. O Draft já estava marcado para a "Capital do Pecado" em 2020, mas por conta da pandemia, acabou sendo feito de forma remota.

Onde serão feito os anúncios?

Roger Goodell fará os anúncios das escolhas de um palco montado em frente ao Caesars Forum, na principal avenida de Las Vegas, com 21 jogadores presentes que irão até o palco vindo do Bellagio Hotel & Casino.

Cristo Redentor

Como forma de expandir a NFL ao redor do mundo, algumas escolhas das últimas rodadas serão feitas em locais emblemáticos ao redor do globo, onde a liga "adotou" um time para cada região.

No caso do Brasil, a equipe indicada foi o Miami Dolphins. Por isso, um anúncio de uma das escolhas do time será feito no Cristo Redentor, que estará iluminado com as cores da franquia da Flórida.

Qual a ordem da primeira rodada?

  1. Jacksonville Jaguars

  2. Detroit Lions

  3. Houston Texans

  4. New York Jets

  5. New York Giants

  6. Carolina Panthers

  7. New York Giants (via Chicago)

  8. Atlanta Falcons

  9. Seattle Seahawks (via Denver)

  10. New York Jets

  11. Washington Commanders

  12. Minnesota Vikings

  13. Houston Texans (via Cleveland)

  14. Baltimore Ravens

  15. Philadelphia Eagles (via Miami)

  16. New Orleans Saints (de Indianapolis via Philadelphia)

  17. Los Angeles Chargers

  18. Philadelphia Eagles (via New Orleans)

  19. New Orleans Saints (via Philadelphia)

  20. Pittsburgh Steelers

  21. New England Patriots

  22. Green Bay Packers (via Las Vegas)

  23. Arizona Cardinals

  24. Dallas Cowboys

  25. Buffalo Bills

  26. Tennessee Titans

  27. Tampa Bay Buccaneers

  28. Green Bay Packers

  29. Kansas City Chiefs

  30. Kansas City Chiefs

  31. Cincinnati Bengals

  32. Detroit Lions

play
3:38

Draft NFL: Risco ou segurança, uma das histórias para QB e EDGE em 2022

VEJA a NFL ao vivo pela ESPN no Star+

Quem são os principais nomes?

*Por Todd McShay

1. Aidan Hutchinson, DE, Michigan (Nota: 94)

A combinação de explosão, agilidade, força e raça de Hutchinson faz dele um jogador especial. Ele é o pass rusher com a melhor eficiência técnica da classe, sincronizando seus pés e mãos excepcionalmente bem. Ele sempre tem um plano para apressar o quarterback. Sua pressão por dentro é fantástica e ele sabe trabalhar por fora dos offensive tackles. Ele tem presença e é um titular imediato de alto nível como calouro.

2. Travon Walker, DE, Georgia (Nota: 93)

Walker correu as 40 jardas no Combine em 4.51 segundos, a marca mais rápida de um jogador com mais de 122kg desde 2006. Ele tem armas versáteis, mas é melhor jogador nos extremos da linha. Seu jogo é baseado na força e na explosão em linha reta, estando no auge quando vem embalado por fora e atropela a linha ofensiva após o contato inicial. Se ele puder desenvolver outros movimentos mais técnicos, poderá melhorar sua produção.

3. Ikem Ekwonu, OT, NC State (Nota: 93)

Ekwonu é extremamente grande e abala os jogadores de linha defensiva com seu potente soco. Também tem agilidade única para um jogador de 145kg. Consegue espelhar os movimentos do defensor, mas precisa de mais equilíbrio e paciência na proteção de passes. No jogo terrestre, é agressivo com força para afastar defensores.

4. Evan Neal, OT, Alabama (Nota: 93)

Neal foi titular em todas as suas três temporadas em Alabama. Jogou como guard em seu primeiro ano, right tackle no ano seguinte e left tackle em 2021. Na proteção de passes, Neal é alto, largo, e tem força explosiva no soco. Não permite nenhum avanço na base da força, ainda que o falte agilidade para espelhar os movimentos. É dominante no jogo terrestre com excelente ângulos.

5. Ahmad 'Sauce' Gardner, CB, Cincinnati (Nota: 93)

Gardner é o melhor marcador em pressão logo na linha de scrimmage desta classe. Ele não permitiu mais de 13 jardas recebidas em um jogo em 2021. Tem uma incrível combinação de tamanho dos braços, controle corporal, agilidade de pés e explosão. Ele dificulta para os recebedores saírem da linha de scrimmage e mantém contato físico. É um cornerback instintivo que brilha lendo as rotas dos recebedores, além de mostrar boa inteligência quando ocasionalmente joga em zona.

6. Garrett Wilson, WR, Ohio State (Nota: 93)

A característica de elite de Wilson é seu controle corporal, pois ele brilha ao fazer ajustes no último segundo antes de receber a bola. Ele consegue recepções extremamente difíceis, contestadas, por causa de suas habilidades de contorcer seu corpo e sua coordenação de mãos e olhos. Ele acelera rapidamente na linha de scrimmage e deixa os defensores desconfortáveis. Precisa ficar mais forte e ainda está desenvolvendo um repertório completo de rotas, mas tem agilidade para sair de seus cortes em todas elas. Também é uma ameaça de jogadas longas com sua velocidade de alto nível.

7. Kayvon Thibodeaux, DE, Oregon (Nota: 93)

Thibodeaux é explosivo ao arrancar e se aproxima do quarterback com velocidade incrível. Seus movimentos de apressar o passe são muito efetivos, mas ele não tem flexibilidade de elite para contornar os bloqueadores quando estão engajados. Faz um ótimo trabalho usando suas rápidas mãos e força inicial para não ser bloqueado e lutar contra o contato.

8. Derek Stingley Jr., CB, LSU (Nota: 92)

Stingley jogou em apenas 10 jogos nas últimas duas temporadas devido às lesões, mas foi uma estrela em seu primeiro ano na universidade, em 2019, interceptando seis passes com a equipe campeã nacional. Ele é alto, rápido e físico na cobertura. Tem agilidade e excelente recuperação quando a bola está no ar. Também possui ótimo equilíbrio, velocidade de pés e inteligência para ler rotas mais curtas. Pode jogar pressionando na linha, mais afastado ou mesmo de safety recuado.

9. Kyle Hamilton, S, Notre Dame (Nota: 92)

Hamilton possui uma rara combinação de altura, peso, tamanho de braço e mobilidade. Sua excelente habilidade de reação se destaca. Consegue cobrir grande parte do campo na marcação em zona e fecha espaços muito rápido. Também tem a força e a velocidade para marcar tight ends no um contra um. É excelente para contestar recepções. Se aproxima como um míssil e "laça" jogadores de ataque com tackles em campo aberto.

10. Charles Cross, OT, Mississippi State (Nota: 92)

Cross se movimenta com facilidade e agacha com naturalidade. Espelha os defensores com agilidade incrível e tem o tamanho de braço para manter os pass rushers distantes enquanto se move. No jogo terrestre, Cross se destaca em bloqueios por zona, nos quais pode usar sua agilidade. É um titular imediato como left tackle na NFL.

11. Drake London, WR, USC (Nota: 92)

London é igualmente efetivo aberto pela lateral ou no meio do campo, brilhando em recepções contestadas. A habilidade de colocar o corpo na frente e se contorcer enquanto se ajusta à bola é uma característica única. Ele é uma arma de elite na red zone com seu tamanho, controle e percepção da linha lateral para jogar em espaços reduzidos. É subestimado depois da recepção, pois quebra muitos tackles e dribla defensores.

12. Jordan Davis, DT, Georgia (Nota: 92)

Davis é um prospecto de nose tackle enorme, com braços longos e velocidade excepcional em linha reta. Como pass rusher, é grande e forte no "bull rush", capaz de empurrar um bloqueio simples em direção ao quarterback com certa facilidade. No entanto, falta explosão no primeiro passo e mudança de direção. Contra a corrida, Davis é quase impossível de ser tirado do lugar. Faz ótimo trabalho controlando os espaços. Frequentemente atrai bloqueios duplos.

13. Jameson Williams, WR, Alabama (Nota: 92)

Williams foi um dos prospectos que mais se valorizou durante a temporada - antes de romper seu ligamento cruzado anterior na final do College. Provavelmente irá perder alguns jogos como calouro por causa de sua recuperação e pode não voltar 100% até sua segunda temporada. É alto, magro e com velocidade fora de série. Tem explosão para sair da linha e mostra rara velocidade com a bola no ar. Também é ótimo após a recepção. Ainda desenvolve algumas nuances de correr rotas.

14. Jermaine Johnson II, DE, Florida State (Nota: 92)

Johnson pode jogar como defensive end ou outside linebacker. Sua combinação de agilidade nos pés e nas mãos - e a sincronia entre eles - se destaca. Não desiste na perseguição e consegue pressões e sacks no segundo esforço. Ele desenvolveu uma lista sólida de movimentos iniciais para apressar o passe, mas ainda precisa desenvolver os movimentos secundários. Contra as corridas, sela a ponta da linha com boa força.

15. Chris Olave, WR, Ohio State (Nota: 91)

Olave é um ótimo corredor de rotas com velocidade fácil. Nenhum wide receiver que estudamos se separa dos marcadores em rotas profundas com mais consistência que ele. Tem grande agilidade para correr após a recepção. Olave brilha como um recebedor vertical e faz um ótimo trabalho em rotas longas.

Do que cada franquia precisa?

Arizona Cardinals

Principais carências: OLB, WR, CB, RB e OG

Atlanta Falcons

Principais carências: QB, WR, OT, DE, RB

Baltimore Ravens

Principais carências: C, DE, CB, OLB, ILB

Buffalo Bills

Principais carências: CB, WR, RB, OG, OT

Carolina Panthers

Principais carências: QB, OG, OT, WR, ILB

Chicago Bears

Principais carências: OT, WR, OG, DE, ILB

Cincinnati Bengals

Principais carências: CB, ILB, DT, C e OG

Cleveland Browns

Principais carências: DT, DE, WR, C, TE

Dallas Cowboys

Principais carências: OT, DE, WR, ILB, DT

Denver Broncos

Principais carências: ILB, OT, TE, CB, S

Detroit Lions

Principais carências: QB, DE, S, RB, WR

Green Bay Packers

Principais carências: WR, OG, DE, TE, ILB

Houston Texans

Principais carências: DE, OT, OG, S, RB

Indianapolis Colts

Principais carências: WR, OT, TE, ILB, CB

Jacksonville Jaguars

Principais carências: DE, WR, C, CB, ILB

Kansas City Chiefs

Principais carências: WR, DE, CB, RB, ILB

Las Vegas Raiders

Principais carências: OT, OG, ILB, CB, DT

Los Angeles Chargers

Principais carências: OT, TE, ILB, OG, DE

Los Angeles Rams

Principais carências: OG, OLB, ILB, OT, CB

Miami Dolphins

Principais carências: OT, ILB, DT, RB, DE

Minnesota Vikings

Principais carências: CB, OG, TE, DE, ILB

New England Patriots

Principais carências: CB, OG, ILB, OLB, WR

New Orleans Saints

Principais carências: OT, WR, QB, DT, OG

New York Giants

Principais carências: OLB, OT, WR, S, CB

New York Jets

Principais carências: WR, DE, CB, ILB, OT

Philadelphia Eagles

Principais carências: WR, ILB, CB, C, S

Pittsburgh Steelers

Principais carências: QB, WR, S, CB, OT

San Francisco 49ers

Principais carências: CB, OG, S, RB, WR

Seattle Seahawks

Principais carências: OT, DE, QB, CB, ILB

Tampa Bay Buccaneers

Principais carências: OG, DT, TE, RB, DE

Tennessee Titans

Principais carências: WR, OG, TE, CB, OLB

Washington Commanders

Principais carências: WR, ILB, CB, S, OG