<
>

NBA: Phoenix Suns perde Booker por lesão, mas 'engole' Curry, bate Golden State Warriors e vence 17ª seguida

Devin Booker teve que sair no 2º quarto com uma lesão na perna esquerda e ficou de fora do restante do jogo, mas o Phoenix Suns deu uma aula de defesa, engoliu Stephen Curry e ficou com a vitória sobre o Golden State Warriors


Diz o ditado popular que ataques ganham jogos, defesas ganham campeonatos. Vendo por essa ótica, o torcedor do Phoenix Suns tem muitos motivos para se animar. Nesta terça-feira, o atual vice-campeão da NBA recebeu o Golden State Warriors, perdeu Devin Booker, sua principal arma ofensiva, ainda no 1º tempo e venceu por 106 a 96.

Com isso, Phoenix chegou a 17 vitórias seguidas e igualou o recorde da franquia, estabelecido na temporada 2007/2008. Ambas as equipes dividem a melhor campanha de toda a NBA com 18 vitórias e 3 derrotas em 21 jogos.

O resultado veio muito por conta de uma atuação defensiva quase perfeita da equipe do Arizona. Depois de ceder 35 pontos no primeiro quarto, os Suns ajustaram a defesa, "engoliram" Stephen Curry e permitiram apenas 61 pontos dos Warriors nos outros três quartos.

Além disso, a equipe também forçou 22 turnovers, sendo 5 de Draymond Green e 4 de Jordan Poole. Curry, talvez o principal jogador da NBA até agora na temporada, anotou apenas 12 pontos, com um aproveitamento de 4 arremessos convertidos em 21 tentados (19%), sendo 3 de 14 (21,4%) para 3 pontos.

Pelo lado de Phoenix, Chris Paul assumiu total controle da equipe após Devin Booker sair lesionado, ainda no segundo quarto, e deu mais um show. O armador anotou 15 pontos, deu 11 assistências, pegou 6 rebotes e roubou 5 bolas.

Quem também teve bastante destaque foi Mikal Bridges, que apesar de ter anotado apenas 2 pontos, foi o principal responsável por parar Stephen Curry nos momentos cruciais e terminou com 4 roubos de bola. Além disso, Curry acertou apenas 1 arremesso em 8 tentados quando Bridges era seu defensor primário.

Deandre Ayton, o pivô, foi o cestinha dos Suns com 24 pontos - e ainda pegou 11 rebotes. O cestinha do jogo foi Jordan Poole, que anotou 28 pontos, sendo 15 no primeiro quarto.