<
>

NBArank 2021: LeBron, Giannis, Durant... Quem são os cinco melhores jogadores antes da temporada 2021-22

A temporada 2021-22 da NBA vai começar! E chegou a hora de listar os melhores jogadores da liga: Giannis Antetokounmpo pode assumir o topo? E qual o lugar de LeBron James?


Nossa contagem regressiva da NBArank está de volta para sua 11ª temporada.

Será que LeBron James manterá seu trono? Será que Giannis Antetokounmpo vai adicionar o 1º lugar em sua lista de premiações? Será que Luka Doncic, de 22 anos de idade, poderia passar todos eles? Aqui estão os melhores jogadores para a temporada 2021-22.


5: Stephen Curry

Golden State Warriors | ARMADOR
NBArank 2020: 8º

Seu legado está garantido, não importa o que aconteça nesta temporada, mas Curry e os Warriors estão confiantes de que podem voltar para o topo da Conferência Oeste se ele tiver outra temporada de MVP e Klay Thompson recuperar a forma. Como de costume, o céu é o limite para Curry.

Uma grande questão: Curry pode jogar novamente em nível de MVP? O duas vezes MVP encabeçou o campeonato ao ter uma média na última temporada de 32 pontos por jogo. Ele foi a referência solitária dos Warriors jogando sem Klay Thompson, que tentaram encontrar um ataque consistente além do brilho de Curry. Curry acredita que pode prolongar seu auge um pouco mais, mas ele fará 34 anos em março e, além de uma lesão no cóccix, permaneceu relativamente bem saudável. Se os Warriors quiserem retornar ao topo do Oeste, Curry precisará ter outra grande temporada - mesmo com a expectativa de que Thompson volte.

Habilidade: Curry é considerado por muitos colegas e ex-jogadores como o maior arremessador de todos os tempos. Ele tem 43,3% de aproveitamento na carreira e acertou 48,2% de seus arremessos para 3 na última temporada. Se ele arramessa, a expectativa é de que ela vai entrar, e sua simples presença na quadra cria uma sensação que permite seus companheiros de equipe brilharem.

Algo a ser observado: Curry entra na temporada apenas 141 cestas de 3 pontos atrás de Ray Allen pelo recorde. Considerando que Curry fez 337 cestas de 3 pontos na última temporada, ele pode superar Allen antes do intervalo All-Star.

4: Luka Doncic

Dallas Mavericks | ARMADOR
NBArank 2020: 4

Aos 22 anos, Doncic já se estabeleceu como um dos destaques da NBA. Ele tem sido selecionado para a primeira equipe All-NBA nas duas últimas temporadas, um feito que só Kevin Durant conseguiu com tão pouca idade desde a fusão da ABA-NBA. Parece ser apenas uma questão de quando - e quantas vezes - Doncic irá ser considerado o MVP. Ele terminou em quarto e sexto lugar, respectivamente, nas duas últimas eleições.

Um destaque que Doncic não quer: Ele é o maior cestinha na pós-temporada (436) entre jogadores que nunca venceram uma série dos playoffs, de acordo com a pesquisa da ESPN Stats & Information.

Uma grande questão: Doncic pode levar os Mavs ao sucesso na pós-temporada? Seria errado culpar Doncic pelo fracasso dos Mavs depois de saírem na primeira fase, considerando que ele tem uma média de 33,5 pontos, 8,8 rebotes e 9,5 assistências por jogo em duas eliminações na primeira rodada contra os Clippers. Entretanto, é justo dizer que Doncic sumiu no quarto período da série da última temporada, com apenas 34,9% de aproveitamento, com quase tantos turnovers (9) quanto assistências (12) nos últimos momentos dos sete jogos. Essas dificuldades são em grande parte causadas provavelmente pela quantidade de vezes em que ele define os ataques (40,4%, a mais alta nos playoffs), e é por isso que os Mavs tentaram contratar outro playmaker nesta offseason.

Habilidade: Doncic reivindicou ser o driver mais eficiente da NBA na última temporada. De acordo com o Second Spectrum, Doncic liderou a liga em pontos de infiltrações (804) e ficou em terceiro lugar em assistências (150). Ele acertou 59,2% nessas situações, ficando empatado em segundo lugar atrás de Giannis Antetokounmpo entre os 48 jogadores com pelo menos 600 infiltrações. Doncic não é um saltador esplêndido, mas ele se destaca como finalizador graças a sua rara combinação de tamanho, força e habilidade - e ele dominou um pivô em um fadeaway de uma perna para as ocasiões em que não consegue chegar até a cesta. As contratações de arremessadores dos Mavs na offseason devem dar a Doncic mais espaço para atacar a cesta nesta temporada.

Algo a ser observado: Há uma boa chance de Doncic ficar entre os 10 melhores de todos os tempos em triplo-duplos até seu 23º aniversário, em 28 de fevereiro. Doncic tem 36 triplo-duplos em sua terceira temporada (mais três nos playoffs), o que o coloca sete atrás de Fat Lever pelo 10º maior número na história da NBA. Doncic marcou pelo menos 30 pontos em 17 desses triplo-duplos. De acordo com a pesquisa da ESPN Stats & Information, apenas sete jogadores têm tantos ou mais triplos-duplos de 30 pontos: Robertson, Russell Westbrook, LeBron James, James Harden, Wilt Chamberlain, Larry Bird e Magic Johnson.

3: LeBron James

Los Angeles Lakers | ALA
NBArank 2020: 1

Em duas das três últimas temporadas desde que chegou a Los Angeles, James sofreu uma lesão grave que tirou as chances dele e dos Lakers. Na outra: James terminou em segundo lugar na votação do MVP e levou os Lakers à conquista da NBA. Será um triunfo ou um problema em 21-22?

Uma grande questão: James pode ajudar os Lakers com 10 novos jogadores que chegaram ao time? Ele já tem quatro títulos e há muito tempo vem consolidando seu legado como um dos verdadeiros grandes jogadores da história do esporte, mas conseguir mais um anel aos 37 anos de idade certamente reforçaria sua busca pelo reconhecimento universal como o GOAT (melhor de todos os tempos).

Habilidade: LeBron teve sua melhor média, com 2,3 cestas de 3 pontos por jogo na última temporada e um aproveitamento de 36,5%, o que representou a quarta temporada mais precisa de sua carreira. Com Russell Westbrook chegando ao elenco como outro playmaker, será interessante ver se a mira de James pode se beneficiar do tipo de impressão que ele normalmente cria nos adversários.

Algo a ser observado: James entra na temporada a apenas 1.562 pontos de passar Karl Malone para ser o 2º maior pontuador da NBA. Se James tiver uma média de 25 pontos por jogo como na última temporada - e jogar em todos os jogos - ele passaria Malone no 63º jogo de L.A. (que por acaso é uma partida contra Curry e os Warriors no horário nobre).

2: Giannis Antetokounmpo

Milwaukee Bucks | ALA-PIVÔ
NBArank 2020: 3

O que você pode fazer para superar a performance épica da final da NBA que Antetokounmpo apresentou no ano passado? A resposta fácil é repetir. A resposta real - que é absolutamente assustadora para o resto da liga - é que Antetokounmpo vai melhorar as poucas áreas de seu jogo em que ainda podem ser trabalhadas. Ele tem apenas 26 anos de idade, o que significa que provavelmente só agora estamos chegando aos melhores anos de Giannis. Ele vai entrar neles com a confiança de um duas vezes MVP e de um campeão da NBA.

Uma grande questão: A história sempre vai se lembrar dos 50 pontos de Antetokounmpo no Jogo 6 das Finais da NBA para conseguir seu primeiro título e seu primeiro MVP na decisão. As redes sociais sempre se lembrarão dos 50 nuggets que pediu em uma rede de fast-food local depois de ser campeão da NBA. Mas foi o seu desempenho de 17 arremessos livres convertidos em 19 tentados no Jogo 6 que realmente se destacaram. Giannis estava tão imparável durante as Finais que fazer uma falta e forçá-lo a acertar lances livres (ele acertou apenas 54% deles nos três jogos fora de casa durante as Finais) parecia ser a melhor maneira de frear seu ímpeto. Giannis é um arremessador com aproveitamento de 71,7% em tiros livres na carreira, mas ficou em 63,3% em 2019-20 e 68,5% no ano passado.

Habilidade: Antetokounmpo foi o primeiro jogador a ter uma média de 20 pontos e acertar 65% dos arremessos dentro do garrafão em uma única pós-temporada. Nas Finais, ele foi ainda mais letal, acertando 75%. Resumindo, ele é quase impossível de se parar dentro do garrafão. Mas há até mesmo espaço para melhorias, se ele trabalhar em suas jogadas de costas para a cesta, como LeBron James fez em um momento semelhante de sua carreira.

Algo a ser observado: Antetokounmpo já está em segundo lugar na lista de cestinhas dos Bucks depois de superar Glenn Robinson na última temporada. Kareem Abdul-Jabbar (14.211 pontos como um Buck) está na mira este ano. Antetokounmpo (12.319 pontos) precisa de 1.892 pontos este ano para se tornar o maior pontuador de todos os tempos de Milwaukee. Ele tem uma média de 1.895 pontos nas últimas quatro temporadas (as duas últimas foram reduzidas), então ele pode ultrapassar Kareem facilmente em algum ponto do mês de abril.

1: Kevin Durant

Brooklyn Nets | ALA
NBArank 2020: 6

Os momentos da NBA estão prontos para a hipérbole, mas com o que aconteceu em 2021, existe um argumento de peso para que o título chegue às mãos de Durant. Aquele arremesso esmagador, no Jogo 7 contra os Bucks - o giro de pé esquerdo com um rápido rise-and-release sobre P.J. Tucker é lendário - estava quase na lista das maiores cestas da história da NBA. Em vez disso, foi o mais longo arremesso de 2 pontos possível e o melhor de uma incrível série de playoff que comprovou a completa recuperação de Durant de uma lesão no tendão de Aquiles. Depois, a propósito, ele destruiu nas Olimpíadas e levou os americanos ao ouro. Sim, tenha cuidado, 2021-22.

Uma grande questão: O jogo de Durant é quase perfeito, então a pergunta de verdade é: todos conseguirão jogar toda a temporada? Durant, Kyrie Irving e James Harden tiveram lesões moderadas durante a temporada reduzida e, combinados com a ausência de Irving, a lesão de Spencer Dinwiddie e a transição após a chegada de Harden, fizeram da temporada passada uma grande confusão para o Brooklyn. Se eles conseguirem se livrar da metade desses eventos, não é difícil entender por que os Nets são os favoritos ao título na pré-temporada.

Habilidade: Provavelmente é uma bobagem nos tempos de hoje dizer que qualquer um é o "maior" em qualquer coisa, então vamos evitar esse papo furado. Vamos deixar as coisas como estão: Durant é um dos jogadores mais habilidosos que já jogou basquete, e sua altura, cestas e precisão o tornam um dos jogadores mais indefensáveis da história. É impressionante que Durant não arremesse sempre do chão porque, francamente, quase sempre seria considerado um bom arremesso, não importando as circunstâncias.

Algo a ser observado: Os Nets protegeram Durant o máximo que puderam na última temporada - ele fez a média de seus poucos minutos por jogo durante a temporada regular e deixou de jogar algumas partidas consecutivas. Com o time mais forte nesta temporada, depois de contratar vários jogadores experientes, a tendência será proteger Durant um pouco mais. A lista de inativos pode ser a única coisa que o detenha. Como tudo isso afetará suas chances de ser o MVP pode ser assunto à medida que esse ano se desenvolver.