<
>

MVP e campeão! Em quatro anos, Giannis Antetokounmpo cumpre 'profecia' dada por Kobe Bryant

Depois de 50 anos, o Milwaukee Bucks volta a ser campeão da NBA! Com uma atuação mágica de Giannis Antetokounmpo, os Bucks superaram o Phoenix Suns por 105 a 98 nesta terça-feira e fecharam a série melhor de 7 em 4 a 2 após saírem perdendo por 2 a 0.

Além de coroar a carreira do camisa 34 com seu primeiro título, a conquista ainda cumpre uma ‘profecia’ de Kobe Bryant.

Conteúdo patrocinado por Sadia

Em agosto de 2017, a lenda do Los Angeles Lakers já tinha ‘profetizado’ que o ‘Greek Freak’ seria eleito o MVP. Naquele ano, o jogador tinha sido eleito MVP e acabou conquistando a premiação dita pelo ‘Mamba’ em 2019 e 2020.

“Ainda esperando pelo meu desafio”, escreveu Antetokounmpo em resposta ao seu ídolo.

Dois anos depois do primeiro elogio, Kobe foi além e disse que o ‘seu garoto’ ainda conquistaria o campeonato, assim como o prêmio de MVP.

“Meu garoto! Grandeza de MVP. Próxima parada: o campeonato”, escreveu o ex-jogador, que faleceu em um acidente de helicóptero em janeiro de 2020.

Quase dois anos depois do último elogio, o grego Giannis se sagrou campeão da liga e recebeu o prêmio de MVP das finais, se juntando a um seleto grupo de apenas três estrangeiros a conquistar a eleição.

Os outros dois foram o francês Tony Parker, do San Antonio Spurs, que conseguiu o feito na decisão de 2007 com o título diante dos Cavaliers, então de LeBron James, e o alemão Dirk Nowitzki, em 2011, pelos Mavs contra o Miami Heat.

E Giannis fechou a série com uma atuação épica, com 50 pontos, 14 rebotes e 5 tocos, se tornando o primeiro atleta da história com esses números em uma partida das Finais.