<
>

NBA Playoffs: Kevin Durant não voltou a ser o que era antes da lesão - ele está ainda melhor

play
'Nunca me compare a Giannis': Ex-NBA, comentarista da ESPN detalha rivalidade de Kevin Durant com astro dos Bucks (0:45)

Jay Williams contou história envolvendo estrelas de Bucks e Nets, rivais nos playoffs (0:45)

"Essa pergunta é de verdade?"

A noite de segunda-feira nos playoffs da NBA terminou com um massacre do Brooklyn Nets sobre o Milwaukee Bucks no jogo 2 da semifinal do Leste. Kevin Durant foi o cestinha da vitória com 32 pontos em só 33 minutos. E, depois da partida, ele ficou sem palavras ao tentar responder uma questão no mínimo curiosa.

- "Você vai completar dois anos desde que lesionou sua panturrilha. Chegou a pensar que seria tão bom assim?"

- "Essa pergunta é de verdade? O que quer que eu diga?"


Se alguém duvidou que Durant voltaria à sua antiga forma depois da lesão no tendão de Aquiles que o tirou das Finais de 2019 - e de toda a temporada seguinte -, ele faz questão de responder em quadra. E depois de um 2020-21 repleto de lesões que o impediram de ganhar ainda mais entrosamento com Kyrie Irving e James Harden, KD tem demonstrado que o tempo passou, mas que seu jogo não parou de evoluir.

O camisa 7 foi cestinha dos Nets em cinco dos sete jogos até agora nos playoffs. Com a lesão de Harden no primeiro encontro com os Bucks, ele assumiu ainda mais a responsabilidade no ataque dos Nets - e atraiu ainda mais atenção da defesa adversária. E isso importa? Bom, não para Kevin Durant.

O ala tem médias 32 pontos e 7.3 rebotes na pós-temporada de 2021. Tais números já seriam impressionantes o bastante se não estivéssemos falando de KD.

De acordo com o StatMuse, Durant estava marcado em 89,5% das bolas de três que arremessou nos playoffs até agora, a maior porcentagem entre todos os jogadores da liga. O aproveitamento? Surreais 50%.


Olhando para a carreira de Kevin Durant, números assombrosos são comuns. E é por isso que os playoffs de 2021 ganham uma importância ainda maior.

Os 50% de aproveitamento nos arremessos de três são a melhor marca de KD em qualquer pós-temporada. Isso sem falar do aproveitamento geral de 55%, o segundo melhor do ala em playoffs, e dos 91,1% em lances livres, também melhor número da carreira.

E as tentativas dos Bucks de atrapalharem Durant estão fracassando totalmente. PJ Tucker, que chegou a Milwaukee durante a temporada, tem sido o principal marcador do camisa 7 na série. E os resultados...

Durant acertou 24 dos 38 arremessos (63%) que tentou quando marcado por Tucker na temporada. Olhando só para os playoffs, são 14 acertos em 24 chutes (58%) contra seu rival direto em quadra.


Em toda a história da NBA, só três jogadores tiveram uma média de pontos superior aos 32 de Durant nos primeiros sete jogos com um time na pós-temporada: Michael Jordan, LeBron James e Kawhi Leonard.

Levando em conta toda a temporada - regular e playoffs -, o ala tem média de 27.8 pontos por partida. A segunda maior entre atletas que perderam toda a temporada anterior - atrás apenas de Jordan, que atuou somente 27 vezes em 1994-95 depois de sua passagem pelo beisebol.

Os números não só impressionam, eles assustam. E Durant não está apenas de volta ao nível de antes da lesões. Ele está ainda melhor.

play
0:45

'Nunca me compare a Giannis': Ex-NBA, comentarista da ESPN detalha rivalidade de Kevin Durant com astro dos Bucks

Jay Williams contou história envolvendo estrelas de Bucks e Nets, rivais nos playoffs