<
>

Na NBA, Curry conta reação que teve ao saber de nova lesão de Klay Thompson: 'Muitas lágrimas'

Armador do Golden State Warriors na NBA, Stephen Curry disse que caiu a chorar depois de receber a notícia sobre a lesão de Klay Thompson na semana passada.

“Você fica triste por um cara que trabalhou tão duro para voltar à quadra duas ou três semanas antes [do training camp] e algo assim acontece”, disse Curry ao The Undefeated na segunda-feira. “Você precisa ter uma cabeça muito boa quando isso acontece. Passar por mais uma reabilitação é mais fácil falar do que fazer, mas ele ainda tem muito tempo de carreira. Estaremos lá durante todo o processo".

Thompson, de 30 anos, sofreu a lesão de no tendão de Aquiles durante um treino no dia 18 de novembro. Ele deve se recuperar totalmente e estar pronto para a temporada 2021-22, informou Adrian Wojnarowski, da ESPN.

Curry soube da lesão de Thompson durante uma chamada de vídeo com o gerente geral do Warriors, Bob Myers, e o treinador principal Steve Kerr.

“Ele é o melhor ala-armador da liga”, disse Curry. “Receber aquela ligação foi um soco no estômago, com certeza. Muitas lágrimas. Você realmente não sabe o que dizer porque ele vai passar pela segunda reabilitação longa. Mas no final do dia, temos que protegê-lo. Esperamos que ele esteja por perto durante a temporada e que fique conectado conosco por todo esse tempo.

“Ele pode voltar forte. Ele é um cara que ama muito o jogo. Ele vai fazer o que for preciso para voltar e ser ele mesmo. É isso que esperamos e a confiança que temos. Dois anos e meio de reabilitação são difíceis para qualquer um. Esperamos o melhor".

Curry e Thompson são companheiros de equipe desde 2011, e ganharam o apelido de “The Splash Brothers” e vencendo três títulos da NBA juntos. Curry estava ansioso para jogar novamente com Thompson, que perdeu toda a temporada passada depois de romper o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo no jogo seis das Finais da NBA de 2019 contra os Raptors.

Os Warriors esperam ocupar o lugar de Thompson com a recente aquisição de Kelly Oubre, que teve uma média de 18,7 pontos com o Phoenix Suns na temporada passada. Além disso, eles também contrataram Brad Wanamaker e Kent Bazemore.

Golden State também também adicionou talento para a próxima temporada ao selecionar ex-pivô da Universidade de Memphis, James Wiseman, com a segunda escolha geral, além do ex-armador da Universidade do Arizona, Nico Mannion, na segunda rodada.

Com os recém-chegados juntando-se a Eric Paschall, Draymond Green e o veterano Andrew Wiggins, Curry está confiante que os Warriors ainda serão formidáveis ​​sem Thompson.

“Vai ser difícil no começo, com certeza. Esperamos sete meses para voltar", disse Curry. “Não ver [Thompson] na quadra, no começo, vai ser estranho. Mas acho que fizemos um trabalho muito bom na off season e conseguimos montar um time muito forte com o draft e os agentes livres. Teremos que nos entrosar muito rapidamente e precisaremos de um compromisso total de todos.

“Sabemos que podemos competir com qualquer um na liga. É meio louco. Nós sabemos o quão importante é o Klay. Não me entenda mal. Mas ouvimos o que estão falando por aí: 'Acabou para os Warriors. Esse ano já era. Como vai ser o futuro?' Sabemos que [o Los Angeles Lakers] é o atual campeão. Temos que vencê-los, e estamos prontos para isso".