<
>

NBA: Jimmy Butler tem o jogo da sua vida, Heat desfalcado bate Lakers e segue vivo nas Finais

Temos uma série! O Miami Heat reagiu às duas derrotas nos primeiros duelos e bateu o Los Angeles Lakers no jogo 3 das Finais da NBA por 115 a 104.

O jogo se resume em um nome: Jimmy Butler. Com um triplo-duplo de 40 pontos, o craque descansou apenas 3 dos 48 minutos e não deixou a equipe da Califórnia abrir 3 a 0. Nas costas dele, Miami segue vivo, perdendo por 2 a 1.


A primeira metade do duelo foi marcada por muitos erros do lado de LA. Anthony Davis sofreu demais com a marcação dobrada e ficou apagado. LeBron, por outro lado, comandou os Lakers ao lado dos reservas, que mantiveram o time no jogo.

Assista (ou reveja) agora no ESPN App à atuação épica de Jimmy Butler no jogo 3 das Finais da NBA.

Miami abriu vantagem e chegou para o jogo com a mentalidade de vida ou morte. Jimmy Butler cresceu na ausência de Adebayo e Dragic, que ainda não voltaram de lesão, e teve um de seus melhores 1ºs tempos da carreira.

Davis fez sua 4ª falta no começo do 3º quarto, e o Heat aproveitou sua volta ao banco para fazer 10 a 0 nos primeiros minutos, abrindo 14. Quando AD retornou, mesmo se colocando em risco, de ficar pendurado na metade do período, os Lakers reagiram e cortaram a vantagem.

Apesar de LA correr atrás, não tinha jeito. O Heat liderou o placar do começo ao fim, e no último período foi guerreiro para não baixar a guarda e confirmar a merecida vitória.

Com essa atuação épica, Jimmy Butler se tornou o 3º jogador da história a ter um triplo-duplo de 40 pontos em Finais, ao lado de Jerry West e LeBron James. Além disso, se tornou o 4º a ter jogos seguidos de 25-5-5 em uma decisão, ao lado de Curry, LeBron e Jordan.

Do outro lado, LeBron subiu em duas listas históricas. Ao superar John Stockton, se tornou o 2º jogador com mais assistências em playoffs na história. E ao superar Bob Cousy, virou também o 2º com mais assistências em Finais. Em ambos os casos, atrás de Magic Johnson.

O jogo 4 da grande decisão acontece na terça-feira (7), a partir das 22h, com transmissão da ESPN e ESPN App.


Heat jogando a vida, Lakers errando

O começo de jogo foi de puro domínio de Miami, que logo abriu 13 pontos de vantagem.

Do outro lado, Anthony Davis estava em apuros. O gigante sofreu dobra na marcação em três ocasiões... E perdeu a bola em todas. Ele voltou para o banco no 1º quarto com 4 turnovers, 2 faltas e sem sequer tentar um arremesso.

Somando com LeBron, a dupla teve 8 erros nesses 12 minutos iniciais, a pior marca deles em toda a temporada. Levando em conta os dois primeiros quartos, os Lakers tiveram o maior número de erros em um jogo de Finais desde 1997, com 14. Ainda assim, foram para o vestiário perdendo por apenas 4 pontos.

A batalha: LeBron x Jimmy

No 2º quarto, os dois astros começaram uma batalha particular e foram carregando suas equipes.

Desde 1997, em Finais, apenas uma outra dupla de adversários foi ao intervalo com mais de 15 pontos, 5 rebotes e 5 assistências: LeBron e Curry, no jogo 2 de 2018. Nesse jogo 3 de 2020, LeBron teve 16-6-6 e Butler 19-6-6.

Quando a vantagem de Miami girava ao redor de 10 pontos no começo do 3º quarto, LeBron voltou a colocar LA na partida 'na marra'. Depois disso, Butler seguiu carregando seu time, não deixando a diferença diminuir muito.

A virada? Não

LeBron James é o cara dos Lakers, mas a virada veio quando seu elenco de apoio entrou de vez no jogo. Quando Miami errou arremessos no 4º quarto, Rajon Rondo e Markieff Morris aproveitaram e não erraram ao ser servidos pelo 'papai'.

Mas o Heat reagiu à sequência de 8 a 0 que sofreu fazendo uma do mesmo tamanho. Com isso, reconquistou o momento da partida e foi carregando essa vitória com uma atuação épica de Jimmy Butler.


Estatísticas

Miami Heat

  • Jimmy Butler: 40 pontos, 13 assistências e 11 rebotes

  • Kelly Olynyk: 17 pontos e 7 rebotes

  • Tyler Herro: 17 pontos e 3 rebotes

Los Angeles Lakers

  • LeBron James: 25 pontos, 10 rebotes, 8 assistências e 2 tocos

  • Anthony Davis: 15 pontos, 5 rebotes e 2 roubos

  • Markieff Morris: 19 pontos e 6 rebotes