<
>

NBA: Na abertura da rodada de sexta, Orlando Magic massacra 'remendado' Brooklyn Nets

Na abertura da rodada de sexta da NBA, o Orlando Magic massacrou o Brooklyn Nets, vencendo por 128 a 118.

A equipe de Nova York é uma das que mais sofreu com perdas no elenco para o retorno da NBA na bolha em Orlando - Kyrie Irving, DeAndre Jordan e Spencer Dinwiddie se juntaram à Kevin Durant na lista de ausências - e a partida desta sexta mostrou como os Nets terão problemas.

O resultado também faz com que o Magic pule na frente dos Nets e assuma a 7ª colocação no Leste, o que significaria fugir do temido Milwaukee Bucks na primeira rodada dos playoffs.

Confira todas as estatísticas do jogo clicando aqui.

O primeiro quarto foi bastante agitado e equilibrado em Orlando. As duas equipes mostraram muito poderio ofensivo e a primeira parcial terminou 39 a 36 para o Brooklyn Nets.

O pivô Jarrett Allen foi o grande destaque, anotando 10 pontos e sendo a grande arma dos Nets, dominando o garrafão nos dois lados da quadra.

No segundo quarto, o Magic conseguiu controlar Allen e reduzi-lo a apenas 2 pontos no período. Caris LeVert tentou manter Brooklyn na frente, mas o Magic acabou vencendo o quarto por 34 a 20 e foi ao intervalo com uma vantagem de 70 a 59 graças a Vucevic e Fournier, que anotaram 24 pontos somados no primeiro tempo.

O terceiro quarto foi um massacre do Magic. Fournier e Vucevic continuaram brilhando, carregando o ataque de Orlando e a defesa seguiu mantendo Allen e LeVert quietos. Resultado? O Magic entrou no último quarto com uma vantagem de 111 a 82 - na parcial, a vitória do Magic foi de 41 a 23.

No último quarto, a diferença persistiu e Orlando pôde, inclusive, deixar seus reservas por mais tempo na quadra e dar descanso aos titulares, algo fundamental durante a maratona de jogos que serão realizados na bolha, ainda mais para uma equipe que briga vitória a vitória por uma posição nos playoffs. Deu tempo até para Markelle Fultz dar um show em uma linda assistência.

Na reta final, os Nets chegaram a conseguir uma sequência de 18 pontos consecutivos sem sofrer nenhum, mas logo na sequência as duas equipes ficaram quase dois minutos sem pontuar e o Magic acabou vencendo o jogo por 128 a 118 - apesar de ter perdido a parcial por 36 a 17.